Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
6

Conhece a mãe 27 anos depois de ser abandonada

Katheryn Deprill tinha apenas três horas de vida quando foi encontrada no chão da casa de banho do Burger King.
27 de Março de 2014 às 15:23
O apelo lançado por Katheryn no Facebook foi partilhado mais de 30 mil vezes
O apelo lançado por Katheryn no Facebook foi partilhado mais de 30 mil vezes FOTO: Facebook

Depois de ter lançado uma campanha no Facebook que rapidamente se tornou viral, Katheryn Deprill reencontrou a mãe biológica, que a abandonou recém-nascida, há 27 anos. 

A jovem ficou conhecida como a 'bebé Burger King' depois de ter partilhado a sua história na rede social. A fotografia que foi partilhada mais de 30 mil vezes em todos os cantos do mundo, relata que Katheryn tinha apenas três horas de vida quando foi encontrada no chão de uma casa de banho da cadeia de restaurantes de fast-food Burger King, no Estado da Pensilvânia, EUA. As autoridades nunca conseguiram identificar a mãe biológica e entregaram a criança a um orfanato.

Bastaram três semanas para a história chegar aos ouvidos da mãe biológica, que se apressou a marcar um encontro com a filha num escritório de advogados na cidade de Allentown, também na Pensilvânia.

Katheryn não revelou o nome da progenitora, mas admitiu à cadeia de televisão norte-americana WFMZ ter perdoado a "110%" a sua "doce e amada mãe".

"Queria muito conhecê-la e perguntar-lhe a razão de me ter abandonado. Queria também saber se tinha irmãos ou alguém que se parecesse comigo", contou. "Recebi o abraço que esperei durante 27 anos, isso quebrou o gelo", acrescentou.

No final do encontro, que durou quatro horas, o advogado da mãe biológica da 'bebé Burger King' avançou, em detalhe, o que levou a sua cliente a abandonar uma recém-nascida no chão de uma casa de banho. Segundo John Waldron, a mulher, na altura com apenas 16 anos, foi violada por um desconhecido durante uma viagem ao estrangeiro, que fez com a família. A vergonha falou mais alto e a adolescente escondeu a gravidez dos pais. Teve a criança em casa e, para não se comprometer, preferiu deixar a bebé "num local onde seria certamente encontrada".

Katheryn Deprill está confiante que a relação com a mãe biológica é para preservar e mostrou-se mais aliviada depois de conhecer os verdadeiros contornos da história. "Ela abandonou-me num local onde sabia que eu ia ser encontrada, não pretendia deitar-me fora", declarou.

Esta foi a fotografia partilhada no Facebook pela 'bebé Burger King'. No cartaz pode lêr-se: "Á procura da minha mãe biológica. Ela deu-me à luz no dia 15 de Setembro de 1986. Abandonou-me na casa de banho do Burger King quando eu tinha apenas umas horas. Por favor ajudem-me a encontrá-la e partilhem o meu passado. Talvez ela veja isto. Obrigada."

 

Burger King Pensilvânia EUA Reencontro bébe abandonada
Ver comentários