Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
5

Decide dar à luz bebé sem cérebro para doar orgãos

Keri e Royce Young viram a filha Eva nascer e morrer no mesmo dia.
28 de Abril de 2017 às 14:55
Keri e Royce Young, viram a filha nascer e morrer no mesmo dia
Keri e Royce Young, viram a filha nascer e morrer no mesmo dia
Nas redes sociais, Royce lamentou a morte da filha
Keri decidiu que iria doar os órgãos da filha
O casal Kery e Royce Young com o filho
O casal mostra-se feliz nas redes sociais, com o filho
Keri e Royce Young, viram a filha nascer e morrer no mesmo dia
Keri e Royce Young, viram a filha nascer e morrer no mesmo dia
Nas redes sociais, Royce lamentou a morte da filha
Keri decidiu que iria doar os órgãos da filha
O casal Kery e Royce Young com o filho
O casal mostra-se feliz nas redes sociais, com o filho
Keri e Royce Young, viram a filha nascer e morrer no mesmo dia
Keri e Royce Young, viram a filha nascer e morrer no mesmo dia
Nas redes sociais, Royce lamentou a morte da filha
Keri decidiu que iria doar os órgãos da filha
O casal Kery e Royce Young com o filho
O casal mostra-se feliz nas redes sociais, com o filho

Keri Young e o marido Royce, um casal de Okhlahoma, nos EUA, estavam à espera da segunda filha em comum quando descobriram que um problema durante a gestação tinha feito com que o bebé se desenvolvesse sem massa cerebral. 

Apesar da tristeza profunda que sentiram, o casal decidiu levar a gravidez até ao fim, mesmo sabendo que a filha nunca iria ter hipóteses de sobreviver sem cérebro. Os pais decidiram que poderiam ajudar outros bebés, através da doação dos órgãos da menina, a quem deram o nome de Eva. 

A bebé nasceu no dia 17 de abril e os pais, acompanhados pelo irmão mais velho, puderam ainda partilhar alguns momentos com a menina, antes de se despedirem para a eternidade. 

Na sua página pessoal de Facebook, Royce Young, o marido de Keri e pai de Eva, partilhou uma fotografia com a filha nas palmas das mãos, horas antes desta morrer. Numa outra publicação, há cerca de dois meses (altura em que foi descoberta a condição da bebé), o homem homenageou a mulher, que apelidou do "ser humano mais corajoso do mundo". 

"Durante estes dias eu fui um espetador da minha própria vida. Eu vi uma super heroína a descobrir os seus poderes. Este dia está a ser, literalmente, o pior dia da vida dela (Keri), no entanto, ela consegue descentralizar-se da dor que sente neste momento por saber que o bebé que carrega no ventre vai morrer e ter tempo para pensar nos outros", escreveu.

O casal tem sido muito acarinhado e agraciado pela atitude corajosa nas redes sociais.  

Keri Young irmão Eva Royce Young Facebook questões sociais