Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
3

Dizer palavrões é um sinal de inteligência, dizem cientistas

Investigadores universitários no Reino Unido examinaram cem trabalhos sobre 'asneiras' na comunicação.
Correio da Manhã 25 de Novembro de 2022 às 19:52
Dizer palavrões é um sinal de inteligência, dizem cientistas
Dizer palavrões é um sinal de inteligência, dizem cientistas

Diz palavrões no dia-a-dia e é censurado por causa disso? Dizer asneiras pode ser um ato comum nos dias de hoje. Apesar de normalmente estarem associadas à falta de educação, de vocabulário e de instrução, há quem diga que são um sinal de inteligência. O estudo The Power of Swearing: What we know and what we don’t (O Poder dos Palavrões: O que sabemos e o que não sabemos), publicado em outubro, explica como as asneiras podem enriquecer e dar mais força à oratória. O artigo cientifico foi publicado no jornal Lingua.

Para compreender o poder do uso de asneiras no dialogo, cientistas das Universidades de Keele, Ulster e Westminster, no Reino Unido, decidiram olhar para 100 trabalhos sobre o tema. O objetivo era entender a força destas palavras na comunicação.

"Acho que este tipo de estudos acaba por meter um rótulo científico naquilo que a maioria das pessoas já sabe de qualquer maneira", disse Stephens num programa televisivo canadiano.

Na investigação, os cientistas chegaram à conclusão que dizer asneiras pode ser positivo quando usado nas interações sociais ou para convencer a algo. As asneiras costumam ser palavras fortes e pesadas ao ouvido, muito devido à conotação que têm, mas são eficazes na persuasão por tornarem o discurso mais incisivo. "As pessoas parecem automaticamente mais persuasivas", diz este grupo de investigadores.

Segundo o estudo, as asneiras "possuem uma força emocional que não é partilhada por outras formas linguísticas. Produzem excitação emocional".  O trabalho acrescenta que "as pessoas sabem que se se magoarem, é boa ideia dizer um palavrão, porque parece ajudar. Pelo menos no que toca à frustração", refere Stephens à estação televisiva canadiana. As asneiras são usadas, muitas vezes, "como uma forma de convencer e de demonstrar, de uma forma mais efetiva, a nossa autenticidade enquanto seres humanos".

Os investigadores fizeram questão de realçar no artigo que há contextos específicos nos quais os palavrões podem agregar força à oratória e outros nos quais possivelmente serão mal interpretados. Referem que o facto de existirem ainda poucos estudos sobre a temática em questão leva a que se tirem conclusões negativas. Muitas são baseadas na censura e no julgamento atribuído aos palavrões. As últimas descobertas podem revelar características positivas, mas estas são pouco conhecidas pelo público em geral.



 




questões sociais persuasão asneiras diálogo investigação académica Reino Unido
Ver comentários
C-Studio