Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
3

Entra em depressão depois de casar por ter saudades da amante

Homem apaixonou-se por uma amiga da família do melhor amigo.
23 de Janeiro de 2019 às 09:12
Relações sexuais
Casal, sexo, relações sexuais
Sexo
Relações sexuais
Casal, sexo, relações sexuais
Sexo
Relações sexuais
Casal, sexo, relações sexuais
Sexo
Um britânico de 33 anos revelou ao jornal The Sun ter entrado em depressão depois de se casar com a namorada com quem já tinha uma relação há algum tempo. Ele e a noiva, de 28 anos, estavam juntos há vários anos mas o homem sempre teve um caso com uma amante, amiga da família do melhor amigo.

A mulher viajou para o Paquistão há cerca de dois anos para passar algum tempo com a família e foi nesses dois anos que o homem conheceu a sua nova paixão. 

Desde cedo percebeu que havia uma química entre ele e a rapariga de 26 anos, já casada e com um filho.

Algumas semanas depois começaram a falar através de mensagens e passado algum tempo passaram a ir às compras juntos e acabaram por ter relações sexuais num quarto de hotel. "Ela era tudo aquilo com que eu sonhava", revela o homem.

As "boas notícias" chegaram do Paquistão, quando a noiva lhe contou que iria ficar mais seis meses no país porque a avó tinha ficado doente.

A amante confessou que se ele não se casasse, que se divorciava para casar com ele.

O homem pensou e embora os seus sentimentos pela mulher tenham mudado, decidiu rejeitar avançar para uma relação com a amante.

A mulher voltou do Paquistão e finalmente casaram. Mas o grande dia foi "como sentir uma pedra no coração", revela o homem ao jornal The Sun.

Deixou de falar com a amante e desde aí que entrou em depressão. "Estou sempre mal humorado e em guerra com a minha mulher e amigos", revela.

"Não consigo viver sem a minha amante. Telefono-lhe todos os dias mas ela não atente", confessa.
depressão após casamento The Sun Paquistão interesse humano pessoas questões sociais