Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
1

Finge ter cancro terminal para amigos lhe pagarem casamento de sonho

Mulher rapou o cabelo e inventou história para sacar quase 10 mil euros. Agora arrisca prisão.
Correio da Manhã 29 de Novembro de 2020 às 09:34
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava
Toni enganou amigos para ter o casamento com que sonhava

Uma mulher inglesa fingiu ter cancro terminal e engendrou um plano para que os amigos e familiares, com pena da situação de saúde, lhe pagassem o casamento com que tinha sonhado. Toni Standen, de 29 anos, arrisca agora pena de prisão, após ter burlado os amigos em quase 10 mil euros.

A mulher até deu entrevistas a jornais locais, na sua senda para angariar dinheiro. Dizia que queria que o pai, Derek, também com cancro, a pudesse levar ao altar antes de Toni morrer.

A falsa notícia foi dada por Toni no Facebook. "Foi-me dito que tenho dois meses de vida. Tenho um novo tumor muito agressivo numa perna e os meus órgãos estão a falhar. Estou à espera de um milagre médico, porque se não tiver esperança, não tenho nada", escreveu a jovem nas redes sociais. Pouco tempo depois anunciou que o cancro "está em todo o lado, no meu cérebro, nos meus ossos".

Os amigos criaram uma página de angariação de fundos e, apesar do pai de Toni morrer antes da boda, conseguiram que a amiga tivesse o casamento com que tinha sonhado.

Os amigos desconfiaram depois de, no discurso que fez, a noiva ter rido da situação da morte do pai e ter feito piadas sobre o cancro. Só quando Toni passou a lua de mel, na Turquia, e depois viajou por toda a europa, desafiando a doença que a mulher dizia que até já lhe tinha tirado o andar, é que perceberam que algo não estava bem contado. Toni chegou mesmo a rapar o cabelo para manter a farsa.

Já durante o verão, Toni contou que tinha apanhado Covid-19 e, confrontada pelos amigos, acabou por confessar que toda a história.

Acusada de burla, o caso chegou agora aos tribunais ingleses. A mulher já foi ouvida e o juiz considerou o caso "uma violação horrível da confiança dos amigos". Toni arrisca pena de prisão, caso venha a ser condenada pelo crime.

"Foi uma atuação digna de Óscar. Ela enganou-nos a todos", conta uma amiga.

Toni Standen questões sociais cancro Reino Unido