Fingiu a própria morte para receber seguro

Esquema milionário descoberto nos EUA.
01.12.18
Fingiu a própria morte para receber seguro
Cemitério Foto Getty Images
Um norte-americano originário da Moldávia fingiu a própria morte para receber um seguro de vida de mais de 1,7 milhões de euros nos EUA.

Igor Vorotinov, de 54 anos, colocou os seus documentos de identidade num cadáver largado numa estrada da Moldávia, em 2011.

O seguro tinha sido feito em 2010, sendo a beneficiária a então mulher do suspeito, Irina Vorotinov, que em 2011 recebeu a fortuna e a transferiu para o filho.

pub

pub