Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
5

Homem esfaqueou senhorios até à morte por paranoia com Covid-19

Vítimas foram encontradas "deitadas num banho de sangue" na casa, em Londres.
Correio da Manhã 18 de Maio de 2022 às 18:42
Ataque com faca
Ataque com faca FOTO: Getty Images
Um homem foi considerado culpado por dois homicídios, esta quarta-feira, depois de ter esfaqueado os seus senhorios até à morte, em Londres, no Reino Unido.

Sonia Butron Calvi, de 66 anos, e Edgar Aguilera, de 60, foram as vítimas mortais. De acordo com o júri, o casal foi encontrado "deitado num banho de sangue".

Daniel Briceno Garcia, de 40 anos, tornou-se paranoico em relação à Covid-19 e terá sido esta a razão por detrás dos assassinatos, ocorridos a 1 de abril de 2020, segundo o Metro News.

Durante o julgamento, foi referida a preocupação de Daniel com os riscos da pandemia e a hipótese de não conseguir pagar a renda da casa. 

O procurador Tom Little afirmou que o homem utilizou uma faca para as mortes, durante um ataque "brutal e frenético". Foram necessários apenas 45 minutos para considerá-lo culpado. 

A denúncia surgiu de um dos residentes da casa, que ouviu os gritos das vítimas. Daniel morava com mais cinco pessoas em Dorset Road. 





 



 
}