Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
9

Mostra dedo do meio a polícia de trânsito e acaba preso

Smug Timothy Hill confessou crime em tribunal.
5 de Maio de 2018 às 20:25
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito
Imagens das câmaras de trânsito

Smug Timothy Hill foi preso e proibido de conduzir depois de ter mostrado o dedo do meio três vezes a polícias de trânsito enquanto passava por diversas câmaras de segurança. Para além deste inusitado 'cumprimento', o homem também terá instalado um dispositivo ilegal no carro que impedia que os radares detetassem a que velocidade circulava. 

Segundo o jornal The Sun, o homem de 67 anos tentou desfazer-se do aparelho num rio perto de casa em Grassington, na Inglaterra, depois de se aperceber que os agentes de autoridade tinham lançado um alerta a denunciar a situação.

Na audiência em tribunal, Smug confessou ser o condutor do veículo em causa e ter instalado o dispositivo. Acabou condenado a oito meses de prisão, ficando proibido de conduzir durante um ano.

"A melhor maneira de ter a nossa atenção é exatamente esta: cumprimentar-nos de forma inadequada ao passar pelos nossos radares e câmaras de segurança. E é, também, uma excelente maneira de acabar na prisão", disse o polícia de trânsito Andrew Forth, ao jornal.

Smug Timothy Hill The Sun Tribunal Andrew Forth Grassington crime lei e justiça
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)