Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
9

Mulher hospitalizada após tentar usar batata-doce como contracetivo

Resultado dos exames acabaram por confirmar que Monica estava com uma infeção.
Correio da Manhã 8 de Março de 2021 às 10:36
Médico
Médico FOTO: iStockphoto

Uma mulher teve de ser conduzida ao hospital após tentar usar uma batata-doce como contracetivo.

Depois de ter ouvido a avó dizer que o tubérculo evita a gravidez, Monica (o nome fictício que decidiu usar) quis experimentar este 'novo' método contracetivo. O resultado não correu como esperado e a mulher foi parar ao hospital com dores na zona pélvica, avança o The Sun.

Myhre, a profissional de saúde que a acompanhou revela ter ficado preocupada com este caso, porque existiam fortes probabilidades desta mulher ter vesícula biliar, um tumor ou um quisto, e por isso, Monica realizou vários exames de despiste, que acabaram por confirmar que algo estava introduzido na vagina da mulher, tratando-se da batata-doce.

"Uma batata-doce não impede que nada entre, apenas fica na vagina e causa infeção", diz Myhre, citada pelo jornal britânico, acrescentando que quando essas bactérias crescem podem causar uma infeção disseminada.

A infeção de Monica foi detetada na hora certa e facilmente tratada com antibióticos, após a remoção do inhame.

Monica Myhre saúde hospital