Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
3

Mulher descobre que a mãe está viva segundos antes de ser cremada

Idosa de 89 anos ainda apresentava sinais vitais na despedida da família, que ficou em choque.
Correio da Manhã 27 de Janeiro de 2021 às 18:12
 Caixão
Caixão FOTO: Getty Images

Uma mulher de 89 anos, que ia ser cremada na cidade de Resistencia, na Argentina, revelou afinal estar viva durante as cerimónias fúnebres, escassos segundos antes de se iniciar o processo de cremação.

Segundo o Diario norte, a mulher tinha sido internada numa clínica privada no dia 23 de janeiro. No dia seguinte, a filha da mulher, de 54 anos, foi chamada ao local e informada de que a mãe tinha sofrido um ataque cardíaco e que não tinha sobrevivido.

Procederam-se às cerimónias fúnebres quando, antes de começar o processo de cremação, a mulher reparou que a mãe ainda respirava e apresentava sinais vitais.

"Só vos queria dizer que a minha mãe ainda está viva. No final, antes da cremação, reparámos que estava viva. Estamos a ir à clínica para esclarecer tudo", escreveu a argentina em mensagem endereçada à família.

O caso já está a ser investigado pelas autoridades.

Resistencia Argentina questões sociais morte