Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
7

Pais metem filho de 30 anos em tribunal para o expulsar de casa

"Estou demasiado ocupado para arranjar trabalho", disse o jovem.
Marta Ferreira 23 de Maio de 2018 às 13:19
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Michael Rotondo
Um casal nova-iorquino decidiu pôr o filho, de 30 anos, em tribunal para o expulsar de casa. 

Michael Rotondo vivia, na última década, às custas dos pais sem pagar quaisquer despesas. O jovem dizia que estava "demasiado ocupado para arranjar um trabalho" e recusava-se a sair de casa dos pais. Em tribunal, Michael alegou que deveria ter um aviso prévio de seis meses antes de ser forçado a sair do apartamento.



O tribunal de Nova Iorque não concordou com os argumentos do jovem desempregado e deu razão aos pais, Christina e Mark, mandando-o fazer as malas e sair. 

De acordo com a comunicação social local, os pais batalhavam há meses para o expulsar de casa e chegaram mesmo a oferecer-lhe dinheiro para que ele desse um rumo à sua vida, coisa que este recusou. Além da oferta financeira, os pais de Michael escreveram-lhe cartas com conselhos sobre como encontrar um sítio para viver, cortaram-lhe o acesso à máquina de lavar roupa, tiraram-lhe o telemóvel e deixaram de lhe fornecer comida. Ainda assim, o filho manteve-se irredutível e não saía de casa. 

De acordo com uma entrevista ao jornal britânico Daily Mail, o jovem revelou que tinha um filho, cuja a idade não mencionou, mas que estava "demasiado ocupado para tentar obter a custódia do menino, arranjar um trabalho e sustentar-se a si mesmo. 



Daily Mail 30 anos Michael Rotondo millenial Nova Iorque tribunal
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)