Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
1

Perdoa tentativa de homicídio e paga advogado a suspeito

Agressor foi solto após esfaquear colega de trabalho.
1 de Fevereiro de 2018 às 18:33
Sebastião (à direita) pagou a um advogado para defender Hugo (à esquerda) que o esfaqueou em 2017
Sebastião (à direita) pagou a um advogado para defender Hugo (à esquerda) que o esfaqueou em 2017 FOTO: Direitos Reservados

Um brasileiro de 29 anos, preso em agosto de 2017 por tentativa de homicídio, foi solto esta semana, depois de a vítima contratar um advogado para o defender.

Sebastião Felizardo, de 39 anos, decidiu perdoar o ex-colega de trabalho, Hugo Ferreira, que o esfaqueou o ano passado durante uma discussão no local de trabalho.

De acordo com o site G1, Hugo foi detido em flagrante delito por um polícia militar que passava no local na altura do crime.

Depois de ser ferido, Sebastião correu para dentro de uma igreja, onde foi socorrido e encaminhado para um hospital da região, onde ficou internado, na Unidade de Cuidados Intensivos, durante quatro dias.

A mesma publicação avança que, após a recuperação, Sebastião entrou para a Igreja Evangélica e decidiu contratar um advogado para defender Hugo.

"O próprio Sebastião manifestou ao juiz, no dia da audiência, que gostaria de retirar o processo, pois tinha perdoado o réu", explicou o advogado adiantando que ficou muito surpreendido com o pedido de Sebastião e que esta foi "a maior história de perdão" que conheceu na sua carreira profissional.

Atualmente agressor e vítima trabalham juntos na Igreja Evangélica e são amigos.

perdão homicídio crime faca esfaquear Brasil perdão igreja evangélica
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)