"Preservativo inteligente" promete revolucionar vida sexual

Objeto coleciona informação durante o ato e envia relatório para o telemóvel.
28.11.17
Uma empresa do Reino Unido "construiu" aquele que será o primeiro "preservativo inteligente".

Trata-se de uma banda que se coloca no pénis durante o ato e que, além de conseguir detetar doenças sexualmente transmissíveis, irá também colecionar informações sobre a performance sexual e enviar uma espécie de "relatório" para o telemóvel do utilizador. 

O "preservativo" recolherá dados como quantas calorias foram queimadas durante o ato, em quanto tempo o homem ejaculou e que posições foram "usadas". "É uma revolução na tecnologia para o quarto", revela a empresa British Condoms, responsável pela tecnologia.

pub

pub