Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
5

Retirados 76 centimetros de intestino a homem com doença rara

Fezes foram acumulando ao longo dos anos e o abdómen do paciente, de 22 anos, estava inchado.
10 de Junho de 2017 às 12:29
Um homem, de 22 anos, ficou sem 76 centímetros de intestino grosso depois de lhe ter sido diagnosticada uma doença rara.

As fezes iam ficando retidas ao longo dos anos no intestino devido à falta de nervos no órgão. O abdómen do homem foi inchando ao longo da vida até que os médicos se aperceberem do que se tratava.

O paciente recorria regularmente a laxantes para conseguir defecar.

O cirurgião Yin Lu e a equipa de especialistas do Hospital de Xangai, na China, disseram que a barriga do homem "parecia que ia explodir a qualquer momento", segundo avança o Mirror.

Os médicos conseguiram confirmar a partir de alguns exames que o jovem tinha acumulado meses, ou até anos, de fezes no intestino.

A cirurgia durou cerca de três horas e foram retirados 76 centímetros do intestino grosso que pesava 13 quilos.

O paciente está estável e encontra-se a recuperar.
China Hospital de Xangai saúde intestino grosso fezes defecar
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)