Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
8

Vereador deixa câmara ligada e mostra-se a tomar banho durante reunião municipal

Bernardo Bustillo apresentou a demissão depois do episódio.
Pedro Zagacho Gonçalves 4 de Julho de 2020 às 14:08
Bernardo Bustillo surgiu a tomar banho
Bernardo Bustillo surgiu a tomar banho FOTO: DR

Bernardo Bustillo, vereador e secretário-geral do PSOE na localidade de Torrelavega, na Cantábria, Espanha, está a dar que falar depois de uma distracção o ter posto a nu…literalmente.

Bustillo esqueceu-se que tinha a webcam do computador ligada e mostrou-se a tomar banho numa reunião via Zoom. O vereador já pediu a demissão depois do episódio.

Tudo aconteceu durante uma reunião da Assembleia Municipal, onde se discutiam medidas a aplicar no município no âmbito do combate à pandemia de coronavírus.

À Cadena SER, Bustillo falou do episódio, que se deu devido á reunião se ter estendido além do previsto e dificultado a agenda do vereador, que se atrasou para levar a filha à escola.

"Não é para me justificar, porque eu é que estraguei tufo, mas a sessão plenária tinha terminado e era altura de perguntas dos jornalistas. Estava assoberbado com a quantidade de coisas que ainda tinha que fazer e optei por tomar banho enquanto ouvia aquela última parte da reunião", explica o homem, que sabia que assistiam jornalistas e munícipes à transmissão.

"Eu pensei que tinha desligado a câmara, mas não, só tinha minimizado a janela", lamenta. Quem assistia à transmissão viu Bustillo a entrar no duche e a tomar banho. Muitos amigos e colegas tentaram avisá-lo, mas o barulho da água não deixou que o vereador recebesse o alerta a tempo, uma vez que o seu telemóvel estava no quarto.

Em carta aberta deixada nas redes sociais o vereador, que é também professor de natação, pediu desculpa. "Honestamente, parecer-me-ia absurdo aparecer nu, e é porque eu sou treinador de natação e passo meia-vida nos balneários, pelo que estou habituado á nudez como sendo natural. Mas entendo que seja considerada uma falta de respeito o facto de estar a ser multitarefa naquela situação. Em qualquer caso, não me cabe a mim julgar. Se alguém acredita que cometi um erro imperdoável, é melhor para a saúde do PSOE que eu o deixe e, naturalmente que o meu cargo está, como sempre, à disposição do partido", escreveu.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)