Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
4

Direito de resposta: Alojamento de polícias

Referente à notícia: "Há polícias que dormem no carro".
12 de Dezembro de 2018 às 01:30
"A PSP, através do Gabinete de Imprensa e Relações Públicas, respondeu, ontem (segunda), às questões apresentadas pela jornalista que redigiu o artigo em apreço [’Há polícias que dormem no carro’], referindo que: "…não existe conhecimento, até ao momento, de qualquer situação como a relatada e que envolva polícias que terminaram o Curso de Formação de Agentes (CFA) e foram colocados no Comando Metropolitano de Lisboa.

Informa-se, inclusive, que as diversas estruturas de comando das divisões policiais do Comando de Lisboa tiveram o cuidado de auscultar os novos polícias e da sua necessidade de ficarem instalados em camaratas policiais ou alojamentos dos Serviços Sociais, tendo recebido alguns pedidos e disponibilizado alojamento de acordo com os requerimentos apresentados.

Acresce que, a maioria dos polícias do último CFA informou mesmo os seus comandantes que tinham alojamento particular, não necessitando de recorrer a instalações policiais. A PSP tem tentado sempre garantir que os novos agentes que são colocados em Lisboa tenham alojamento e estas situações são acompanhadas com muita acuidade, salvaguardando-se sempre o desejo individual de cada elemento, pois os mesmos não são obrigados a pernoitar em instalações da PSP";

Da resposta enviada, é bem patente que o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis), através das suas Divisões, teve o cuidado de auscultar todos os novos agentes sobre a necessidade de ficarem instalados em casas dos Serviços Sociais da PSP e/ou camaratas da PSP de Lisboa, tendo, inclusive, disponibilizado vários locais para o efeito.

Os novos polícias, na sua grande maioria, manifestaram que não necessitavam de alojamento policial, uma vez que tinham recorrido a alojamento particular.

Acrescenta-se, ainda, que não obstante todos as cuidados que o Cometlis demonstrou, desde o início, para a instalação e disponibilização de alojamento dos novos polícias, hoje (ontem) mesmo foram realizadas novas diligências para aferir a situação junto de todos os interessados, designadamente da 4.ª Divisão e Divisão de Segurança a Instalações (DSI), mantendo-se a confirmação que nenhum dos novos elementos policiais comunicou que está ou esteve a pernoitar nas condições referidas no artigo do vosso jornal.

Considera-se que o artigo publicado, neste contexto, induz em erro os leitores, não só pela imprecisão de alguns factos mas também por não revelar que foram efectuadas todas as diligências para o cabal apoio aos novos elementos policiais na disponibilização de alojamentos da PSP, apoio esse que foi prestado a todos os que o solicitaram".

Direção Nacional da PSP,
Alexandre Alves Coimbra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)