Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
7

Direito de resposta da Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime

Referente à notícia "Infetadas apanhadas pela GNR fora de casa".
26 de Abril de 2020 às 01:30

1.     Na edição do Correio da Manhã de 23 de abril de 2020, em coluna intitulada "Infetadas apanhadas pela GNR fora de casa", o colunista A.P. afirma que uma funcionária do Lar de Boliqueime foi detida por não cumprir ordem de isolamento em casa.

2.     A Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime entende que o teor da notícia, ao ser totalmente falso, afeta à imagem e bom nome da instituição e particularmente a honra da funcionária em questão que veio junto da direção solicitar que seja manifestado o seu descontentamento e exercido direito de resposta.

3.     Esclarecemos que, por erro nas listas fornecidas às forças de segurança pela Autoridade Local de Saúde do Concelho de Loulé, a GNR ordenou incorretamente a uma funcionária do Lar o regresso a casa para cumprimento do isolamento profilático.

4.     A ordem foi naturalmente cumprida não tendo havido lugar a qualquer detenção.

5.     A funcionária em causa havia cumprido o isolamento profilático de 27 de março a 15 de abril e tinha neste intervalo de tempo 2 testes Covid negativos realizados. Encontrava-se a trabalhar desde 17 de abril.

6.     A Autoridade Local de Saúde, contactou, entretanto, a GNR de Loulé reconhecendo o lapso.

Boliqueime, 23 de abril de 2020

A Provedora

Sílvia Gonçalves Sebastião

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)