Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

A vida depois da morte na Casa do Artista

Residência perdeu 11 utentes nos dias negros da Covid-19, mas começa a erguer-se das cinzas.
Marta Martins Silva e Tiago Sousa Dias 1 de Junho de 2021 às 12:00
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Na Casa do Artista, em Lisboa, os que  já partiram são lembrados em vários recantos da instituição fundada por Armando Cortez
Na Casa do Artista, em Lisboa, os que  já partiram são lembrados em vários recantos da instituição fundada por Armando Cortez
Na Casa do Artista, em Lisboa, os que  já partiram são lembrados em vários recantos da instituição fundada por Armando Cortez

No início deste mês, no dia de aniversário da Casa do Artista, que acolhe os associados que trabalham ou trabalharam nas artes do espetáculo , foi celebrada na instituição, em Lisboa, uma missa de Ação de Graças - numa Galeria onde o distanciamento entre residentes era possível – “para lembrar quem partiu, mas também para devolver a esperança aos que ficaram. Foi um momento muito marcante para todos”, conta Paula Trindade, diretora técnica da Casa com 22 anos onde trabalha há 19. Está habituada a “apagar fogos” na residência por onde já passaram alguns dos nomes mais sonantes das artes nacionais, mas nunca imaginou o tamanho das labaredas que a esperavam no primeiro trimestre deste ano por causa do surto de Covid-19 que matou 11 residentes.

“Ainda não consigo arranjar palavras para descrever aquilo por que passámos. Estive sempre a acompanhar tudo, a trabalhar sem folgas desde o meio de janeiro até à segunda semana de março. A partir de certa altura não damos pela parte emocional. Quando nós estamos no meio do fogo entramos em piloto automático, temos que seguir em frente. E era toda uma rotina: entra, troca de roupa, veste fato completo, tira fato completo, vai aos pisos, sai dos pisos, manda para o hospital, chama INEM, avisa os familiares. A parte emocional veio agora, quando as coisas acabaram, quando comecei a cair em mim e dei conta das perdas que tivemos: aí sim, cai a moeda. Naquele momento é a adrenalina a mover-nos, não há tempo para pensar, só para agir”, suspira Paula Trindade, agora com a casa “limpa”, o covidário desativado, todos os utentes e funcionários vacinados e uma nova direção ao leme.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

O CM+ oferece máscaras aos seus assinantes.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Mousse de chocolate e morango. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Crumble de frutos silvestres. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

A tecnologia passou a controlar as nossas vidas? Conseguirão os nossos jovens desligar? Este livro responde a todas as questões! Portes incluídos.

Ver Mais

Casa do Fundo – Sustainable & Ecotourism: 1 ou 2 Noites com Pequeno-Almoço numa pequena aldeia no sopé do Parque Natural da Serra da Estrela desde 30.50€.

Ver Mais