ALBUFEIRA: A VERDADEIRA DIANA DO ZOOMARINE

Karina Massei fala português com sotaque brasileiro e tem mais alguns anos que a personagem de Leonor Seixas. Mas algo de fundamental a une à tratadora da telenovela da TVI: a mesma paixão pelos golfinhos.
21.09.03
  • partilhe
  • 0
  • +
A vida de uma bióloga marinha tem muitas semelhanças com o papel desempenhado na telenovela 'Saber Amar' pela personagem 'Diana' (interpretada por Leonor Seixas), até porque houve a preocupação de transportar para o ecrã uma visão o mais realista possível, incluindo áreas desconhecidas do público que visita o Zoomarine ('Zoomarinho', na novela), como os cuidados médicos com os animais.
“O nosso trabalho não se restringe à participação nos espectáculos diários. Essa apresenta-se como a faceta mais visível, mas temos muitas outras tarefas a cumprir”, refere Karina Massei, 29 anos, uma bióloga marinha formada na universidade de São Paulo (Brasil), que fez o mestrado no Algarve e trabalha no Zoomarine, em Albufeira, há oito anos.
Os golfinhos “precisam de cuidados diários, que vão desde a alimentação à desinfecção dos espaços, passando por um rigoroso controlo médico. A par disso, tem de haver tempo para os ensaios e para os animais descontraírem e brincarem, além, naturalmente, dos espectáculos e, ainda, dos programas de interacção, no âmbito do qual é possível ao visitante nadar e brincar com golfinhos-roaz treinados.” A presença de câmaras de televisão e de uma panóplia de equipamentos junto às piscinas não incomodou estes simpáticos animais durante as filmagens. “Eles estão habituados a interagir com as pessoas e gostam muito de o fazer”, sublinha Karina. “Desde que acompanhados pelos treinadores, a presença de estranhos não os afecta e não tiveram reacções negativas, embora seja sempre necessário esperar algum tempo para que se sintam totalmente à vontade.”
Tudo o que tem passado na televisão, em relação ao trabalho com os golfinhos, “parte de uma base verosímil”, diz a bióloga. “Nesse domínio, as imagens mostradas no ecrã resultam da actividade diária desenvolvida no parque. Há excepções, como a cena em que Diana vem pedir emprego e tem acesso imediato à área onde se encontram os golfinhos – isso nunca acontece…”
O QUE FAZ UMA TELENOVELA
Karina Massei e os restantes elementos que trabalham com os golfinhos também vêem a telenovela. “Durante as filmagens, não é possível ficar com uma ideia exacta do que vai passar no ecrã e há sempre alguma curiosidade em observar as cenas escolhidas… Nas nossas conversas surgem comentários a este ou àquele episódio mais marcante e a impressão geral é de satisfação”
A bióloga marinha brasileira diz-se “apaixonada” pela sua profissão. “É muito gratificante o contacto directo com animais tão inteligentes, sensíveis e espontâneos. Basta estarmos próximo para nos chamarem a atenção das mais diversas formas: agitando a cauda, saltando ou emitindo sons. Têm uma relação afectiva com quem trata deles e sabem manifestá-lo – através de um olhar terno, por exemplo.”
A telenovela “tem a vantagem de mostrar às pessoas não apenas o que estão mais habituadas a ver – os espectáculos – mas também o outro lado da convivência diária com os animais. Acabamos por observar, nas imagens, um pouco da nossa vida e os telespectadores têm acesso a uma actividade pouco conhecida: os treinos, os cuidados médicos, a alimentação. Tudo isso dá muito trabalho, pois os golfinhos reclamam uma atenção constante, mas mostra-se extremamente enriquecedor. Adoro o que faço!” O Zoomarine possui um centro de reabilitação de espécies marinhas, denominado Porto d’Abrigo, o qual recolhe animais feridos ou doentes, procedendo à sua recuperação para posterior reintrodução na vida selvagem, tendo sido, curiosamente, aproveitada a ‘devolução’ ao mar de várias tartarugas, ao largo do Algarve, para captar imagens – na presença de alguns actores – depois utilizadas na telenovela. A influência que “Saber Amar” teve na afluência ao Zoomarine não é fácil de contabilizar, mas os responsáveis do parque admitem que a exposição diária em horário nobre, numa novela de sucesso, cativou um número significativo de visitantes, alguns dos quais foram induzidos em erro, por pensarem que o Zoomarine (situado na Guia, concelho de Albufeira) ficava nas proximidades da aldeia do Burgau (concelho de Lagos), como a telenovela sugere...
Antes da época de Verão, e no âmbito de um programa que permite a ida ao Zoomarine de crianças de diversas escolas algarvias, algumas chegavam a perguntar por 'Diana' . Esta última curiosidade é extensiva a adultos, que procuram os melhores ângulos para tirar fotos nos locais exibidos no pequeno ecrã.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!