Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Angoche, o navio-fantasma do Estado

Vinte e quatro homens desapareceram sem deixar rasto em abril de 1971. Cinquenta anos e muitas versões depois, uma nova teoria liga agora o caso do cargueiro ao agente secreto da ditadura Jorge Jardim.
Fernanda Cachão 20 de Junho de 2021 às 08:00
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Angoche, o navio-fantasma do Estado
Angoche, o navio-fantasma do Estado
Angoche, o navio-fantasma do Estado
Factos: a 6 de abril de 1971 partiu do porto de Lourenço Marques o navio da marinha mercante Angoche, em mais uma viagem de cabotagem pelo Índico, junto à costa de Moçambique. António de Oliveira Salazar tinha morrido há menos de um ano, na Presidência do Conselho de Ministros estava Marcello Caetano. Há já uma década que a guerra mata nas colónias. Ainda antes de o mês de abril terminar, os homens a bordo do cargueiro desaparecerão da face da Terra e o ‘caso Angoche’ ficará para sempre envolto em mais dúvidas e versões contraditórias do que respostas plenas.

Em 50 anos, o caso ressurgiu a espaços: em 1975, com os familiares a pedirem em São Bento para serem recebidos por Vasco Gonçalves - que recusou -, a comissão de investigação, logo em junho, e a cobertura jornalística obstinada feita, por exemplo, por Hélder Guerra na revista ‘Vida Mundial’ ou por Eduardo Metzner Leone no jornal ‘O Diabo’, que "levou a investigação do mistério do navio costeiro Angoche tão longe quanto lhe permitiram as autoridades portuguesas de então, pouco interessadas em molestar o regime de Samora Machel", lê-se no jornal fundado em 1976 por Vera Lagoa. O veterano, que teve neste jornal a sua última redação, foi um dos teimosos pelo tema que chegou a publicar "o essencial das suas conclusões" num livro intitulado ‘Caso Angoche: Mais um Crime Impune’, editado por Waldemar Paradela de Abreu. A propósito do caso foram editadas outras tantas teorias, que procuravam entender o que as entidades oficiais nunca resolveram, e também romances, pois talvez só a literatura sirva para evocar uma história digna de John Le Carré.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

O CM+ oferece máscaras aos seus assinantes.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Crepes de chocolate. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Bolo de claras e tangerina. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

As principais manchetes da história do Correio da Manhã. Portes incluídos.

Ver Mais

Sessão de Hipnose Clínica Especializada em Terapia Regressiva no Instituto Português de Hipnoacupuntura Clínica em Lisboa por 25€.

Ver Mais