Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM

António Pires de Lima: “Já nada me provoca impacto”

Para o ex-bastonário dos Advogados, Marinho Pinto é “provocador, fala-barato”. Dos casos que apaixonaram a opinião pública, se pudesse, gostaria de ter acesso à verdade sobre o desaparecimento da Maddie
11 de Julho de 2010 às 00:00
António Pires de Lima: “Já nada me provoca impacto”
António Pires de Lima: “Já nada me provoca impacto” FOTO: Pedro Catarino

Formado em direito pela Universidade de Lisboa, foi bastonário da Ordem dos Advogados entre os anos de 1999 e 2001. Fundador da Fundação Luso-Espanhola e da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola, ocupa actualmente o cargo de Presidente da Assembleia Geral da Casa de Espanha.

António Pires de Lima, 73 anos, homem frontal de frases duras e polémicas, acaba de trucidar Sócrates e o governo socialista. Em entrevista à Rádio Renascença, declarou que Portugal "é governando por incompetentes", chamou "ditador" ao primeiro-ministro e acusou-o "de se fazer rodear de indivíduos absolutamente incompetentes" e de ser "um indivíduo impreparado para qualquer coisa que seja uma actividade política". O pai de António Pires de Lima (têm o mesmo nome), ex-dirigente do CDS-PP, defende a recandidatura de Cavaco Silva, para "livrar-nos da escumalha que nos tem governado".

*A resposta escolhida surge a sublinhado

- Como pensa que será lembrado dentro de cem anos?

a) Um homem que combateu ferozmente ideias e políticos de Esquerda

b) Um homem às direitas, polémico, impulsivo, mas generoso

c) Um homem de Direita com o coração muito ao pé da boca. Mas não sei se serei lembrado

- Quando se refere publicamente a este Governo como "escumalha", está a dizer-nos que...

a) É uma expressão normal, adequada ao combate político

b) É uma expressão um pouco forte, mas perfeitamente aceitável

c) É uma expressão que está preparado para ouvir de um adversário

- A República Portuguesa comemora 100 anos. O que lhe parece mais estranho?

a) A possibilidade de a República eleger um Presidente de Esquerda nobre (Manuel Alegre, conde de Águeda)

b) A República com um primeiro-ministro licenciado a um domingo

c) Um seleccionador nacional de futebol que ganha 15 vezes mais do que o Presidente da República

- Com qual das seguintes duplas de Esquerda sente que era capaz de passar um fim-de-semana sem discussões violentas e agressões verbais?

a) Manuel Alegre e Mário Soares

b) Francisco Louçã e Fernando Rosas

c) Jerónimo de Sousa e Odete dos Santos

- Qual dos seguintes episódios pensa que daria o "gag" mais cómico num programa dos Gato Fedorento?

a) O pequeno-almoço de José Sócrates com Luís Figo

b) As conversas telefónicas entre Paulo Penedos e Rui Pedro Soares

c) As prelecções de Carlos Queiroz no balneário

- Um alfarrabista seu amigo descobre escritos inéditos de um português famoso. O que lhe daria mais prazer ler?

a) Um diário do grande burlão Alves dos Reis

b) Apontamentos e ideias de António Ferro

c) Um diário do ano de 1975 de Álvaro Cunhal

- Oferecem-lhe um cruzeiro à volta do Mundo e tem de escolher entre 3 hipóteses. Em cada uma delas há um trio de convidados. Qual escolhe?

a) Cruzeiro com Helena Sacadura Cabral, Joana Amaral Dias e Paula Teixeira da Cruz

b) Cruzeiro com Carlos Cruz, Serra Lopes e Paulo Pedroso

c) Cruzeiro com Fernando Rosas, Marcelo de Sousa e Zita Seabra

- Como qualifica o actual bastonário da Ordem dos Advogados, António Marinho Pinto?

a) Polémico, impulsivo, conflituoso

b) Não é o meu estilo, mas tem dito muitas verdades

c) Provocador, fala-barato

- Tem acesso por mero acaso a informações que permitem, de forma inequívoca, apurar toda a verdade e todos os implicados em três casos que apaixonaram a opinião pública. Só pode escolher um. Qual escolhe?

a) Toda a verdade/implicados no desaparecimento de Maddie

b) Toda a verdade/implicados no escândalo Casa Pia

c) Toda a verdade/implicados na ‘Operação Furacão’

- Estamos no Verão. Qual destas "armas" de sedução feminina provoca maior impacto?

a) Um vestido com decote profundo

b) Um biquíni fio dental

c) Já nada me provoca impacto

Ver comentários