Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
5

As águas da rainha D. Leonor

As Caldas da Rainha nasceram das águas sulfurosas que curaram a rainha D. Leonor e logo as termas abriram em 1485. Local do povo, da aristocracia e de reis, o hospital termal, reedificado no século XVIII, perdura até hoje.
22 de Janeiro de 2012 às 00:00
Indicações. Interior da Piscina da Rainha. As águas são indicadas para Artrose, Reumatismos Inflamatórios, Gota, Sequelas Pós-Traumáticas, Sinusites, Rinites, Hipertróficas e Atróficas, Laringite Crónica, Bronquite Crónica e Asma Brônquica
Inalações. No plano anterior, a antiga sala de inalações e a actual na foto aqui assinalada
Águas. Banheira de água termal. A água das caldas é Sulfúrea, rica em sais minerais e com PH quase neutro
As águas da rainha D. Leonor
Rainha. Aspecto exterior do hospital. Reza a lenda que em 1484 a rainha D. Leonor passou por um local onde pessoas se banhavam em águas de odor intenso. Depois de se banhar ela também, a soberana curou-se
Tratamento. Duche Vichy
Pulverização. Sala dos banhos de pulverização no piso térreo
Repouso. Entrada da sala de repouso. para além de descansar, o aquista pode passear e usufruir dos Museus e restante Património
Evolução. Utente durante o tratamento. O período áureo do hospital das Caldas aconteceu nas primeiras décadas do século XX, quando a vila se tornou cidade.
Indicações. Interior da Piscina da Rainha. As águas são indicadas para Artrose, Reumatismos Inflamatórios, Gota, Sequelas Pós-Traumáticas, Sinusites, Rinites, Hipertróficas e Atróficas, Laringite Crónica, Bronquite Crónica e Asma Brônquica
Inalações. No plano anterior, a antiga sala de inalações e a actual na foto aqui assinalada
Águas. Banheira de água termal. A água das caldas é Sulfúrea, rica em sais minerais e com PH quase neutro
As águas da rainha D. Leonor
Rainha. Aspecto exterior do hospital. Reza a lenda que em 1484 a rainha D. Leonor passou por um local onde pessoas se banhavam em águas de odor intenso. Depois de se banhar ela também, a soberana curou-se
Tratamento. Duche Vichy
Pulverização. Sala dos banhos de pulverização no piso térreo
Repouso. Entrada da sala de repouso. para além de descansar, o aquista pode passear e usufruir dos Museus e restante Património
Evolução. Utente durante o tratamento. O período áureo do hospital das Caldas aconteceu nas primeiras décadas do século XX, quando a vila se tornou cidade.
Indicações. Interior da Piscina da Rainha. As águas são indicadas para Artrose, Reumatismos Inflamatórios, Gota, Sequelas Pós-Traumáticas, Sinusites, Rinites, Hipertróficas e Atróficas, Laringite Crónica, Bronquite Crónica e Asma Brônquica
Inalações. No plano anterior, a antiga sala de inalações e a actual na foto aqui assinalada
Águas. Banheira de água termal. A água das caldas é Sulfúrea, rica em sais minerais e com PH quase neutro
As águas da rainha D. Leonor
Rainha. Aspecto exterior do hospital. Reza a lenda que em 1484 a rainha D. Leonor passou por um local onde pessoas se banhavam em águas de odor intenso. Depois de se banhar ela também, a soberana curou-se
Tratamento. Duche Vichy
Pulverização. Sala dos banhos de pulverização no piso térreo
Repouso. Entrada da sala de repouso. para além de descansar, o aquista pode passear e usufruir dos Museus e restante Património
Evolução. Utente durante o tratamento. O período áureo do hospital das Caldas aconteceu nas primeiras décadas do século XX, quando a vila se tornou cidade.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)