Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
5

Carlos Brito: “Estou em paz com o passado”

Afastou-se do PCP, depois de ter sido suspenso por dez meses, mas isso não o impede de elogiar Cunhal. Neste teste americano, diz que é mais provável ele regressar ao PCP do que o comunismo à Rússia.
6 de Junho de 2010 às 00:00
Carlos Brito: “Estou em paz com o passado”
Carlos Brito: “Estou em paz com o passado” FOTO: Ricardo Pereira, Sábado

Nasceu em 1933, em Moçambique, vive no Algarve e é uma figura histórica do Partido Comunista Português, de que se afastou em 2002 após sofrer suspensão de dez meses. As divergências políticas com Álvaro Cunhal não o impediram de elogiar o líder histórico do PCP quando este morreu, em 2005.

"Era efectivamente um revolucionário de corpo inteiro. Não era um revolucionário desses de gaveta", disse quando Cunhal morreu. Agora, cinco anos depois, Brito publica as memórias de cinco décadas de militância no PCP e fala sobre aquele comunista que conheceu em Outubro de 1966, em Paris. Sobre o histórico momento televisivo, em 1975, entre Cunhal e Mário Soares, nega que o balanço tenha sido desfavorável para o PCP: ‘Olhe que não, olhe que não’. Escolhe a frase que então fez história. E sobre o histórico socialista até diz que é intelectualmente mais honesto do que Churchill ou Estaline.

*A resposta escolhida surge a sublinhado

- "Precisei de tempo para sarar as feridas dos combates internos no PCP...", escreve na introdução do seu novo livro, ‘Álvaro Cunhal - Sete Fôlegos do Combatente’ [Edições Nelson de Matos]. Podemos concluir que...

a) Está em paz com o passado

b) Uma vez comunista, toda a vida comunista

c) Perdoa mas não esquece

- Álvaro Cunhal e o Partido Comunista Português perderam o combate decisivo para Mário Soares em 1975. Concorda?

a) Olhe que não, olhe que não

b) Infelizmente, sim

c) Não. A luta continua

- Como qualifica hoje o regime político cubano?

a) É um regime socialista com alguns desvios

b) É um regime opressivo das liberdades fundamentais

c) É um regime autoritário com muitos aspectos positivos

- Que lhe dizem as memórias escritas no livro ‘Foi Assim’ (2007), da autoria de Zita Seabra [ex-militante comunista, depois deputada pelo Partido Social Democrata e actual editora na Alêtheia Editores, que fundou] ?

a) Um golpe duro na imagem do Partido Comunista

b) Injustiça e ingratidão

c) Não li, não posso avaliar

- Se pudesse erradicar um defeito nacional qual destes escolhia?

a) Inveja

b) ‘Chico-espertice’

c) Conformismo

- Ninguém pode prever o futuro, mas entre estas três hipóteses qual delas lhe parece mais provável?

a) Voltar ao Partido Comunista Português

b) O regresso do Comunismo à Rússia

c) A reunificação das duas Coreias

- Em termos de honestidade intelectual, qual destes três líderes históricos considera mais digno de respeito?

a) Josef Estaline

b) Winston Churchill

c) Mário Soares

- Foi preso três vezes pela PIDE e passou oito anos da sua vida em prisões por motivos políticos. Quando pensa nisso, sente...

a) Raiva. São oito anos que ninguém me devolve

b) Orgulho. Era o preço de ser comunista

c) Um misto de emoções contraditórias

- Entre 1992 e 1998 foi director do ‘Avante!’, que era um jornal...

a) Sério, isento e imparcial... na medida do possível

b) Um jornal partidário de combate e denúncia, nem sempre 100% rigoroso

c) Símbolo de um tempo que acabou

- Em relação às próximas eleições à Presidência da República, parece-lhe que...

a) Manuel Alegre é o candidato ideal para vencer Aníbal Cavaco Silva

b) A Esquerda vai pagar o preço da desunião

c) O actual Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, tem desempenhado bem as suas funções

- Se ganhasse o primeiro prémio do Euromilhões mas fosse obrigado a canalizar um quarto do prémio para terceiros, escolhia beneficiar:

a) Uma instituição cultural algarvia

b) Amigos próximos

c) Uma cooperativa popular que estivesse em dificuldades económicas

- Se lhe oferecessem uma viagem de quinze dias com tudo pago para um destes três destinos, qual deles escolhia?

a) Coreia do Norte

b) Nova Zelândia

c) Rússia

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)