Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
1
Exclusivos

Em busca do corpo de sonho? Três planos alimentares para acabar com os hábitos do confinamento

Planos de nutricionistas que acabam com os quilos a mais ganhos durante os meses em casa. Saiba como emagrecer até ao verão de forma saudável.
Manuela Guerreiro 4 de Abril de 2021 às 01:30
Planos de nutricionistas que acabam com os quilos a mais ganhos durante os meses em casa. Saiba como emagrecer até ao verão de forma saudável.
Por Manuela Guerreiro 4 de Abril de 2021 às 01:30
Meses de confinamento, de teletrabalho, de hábitos sedentários e de inatividade física tornaram muitas pessoas menos saudáveis física e psicologicamente. Algumas vingaram-se na despensa, petiscando o dia todo, mas está na hora de controlar a situação. E não há outra forma de o dizer: é difícil, requer empenho e algum sacrifício... de resto, como em tudo na vida. Os benefícios, esses, são bem grandes e valem todo o esforço.

A ‘Domingo’ foi ouvir as dicas e os conselhos dos especialistas e publica três planos alimentares das nutricionistas Maria Gama, Ágata Roquette e Lillian Barros. As duas últimas elaboraram planos para um dia, mas que são adaptáveis à semana, basta ir alterando os alimentos. Se seguir todos os passos e não pecar, com uma simples alimentação saudável já reduz o peso que ganhou durante os meses de confinamento. Eliminar os doces e controlar os hidratos de carbono é fundamental, tal como reduzir a quantidade de alimento em cada refeição. Daqui para a frente impõe-se força de vontade, algum exercício físico e disciplina. Tem 60 dias para se pôr em forma porque os dias de calor estão à porta. Deite fora o vilão que só traz calorias e não se deixe cair em tentação. Não petisque... pela sua saúde.

"A maior parte das pessoas aumentou, em média, cinco quilos. Dois no primeiro confinamento, depois entraram de férias e aumentaram mais um. Com o Natal e com o segundo confinamento engordaram mais dois. Acho que não nos apercebemos da vida que levávamos antes da pandemia, mas que, de facto, nos aumentava o metabolismo. Ir para o trabalho, os transportes, o regresso a casa, os filhos, era tudo esgotante fisicamente, embora não déssemos muito por isso. O metabolismo estava mais alto e não se aumentava tanto o peso. Agora, as pessoas estão em teletrabalho, em casa, com acesso imediato à cozinha e acabam por petiscar muito mais." Ágata Roquette dá consultas de nutrição e indica, habitualmente, o tipo de produtos e as quantidades certas para os seus pacientes levarem numa lancheira para o trabalho. No entanto, os tempos são outros e é mais difícil cumprir as regras. "A verdade é que, em casa, se calhar comem o que têm na lancheira e mais umas coisas. Em vez de comerem três nozes vão buscar mais três; em vez de uma peça de fruta vão comer três ou quatro, porque têm acesso, porque têm a cozinha e a despensa por perto. Acho que os melhores conselhos que posso dar às pessoas que vão continuar em teletrabalho é não terem nada de especial em casa, ou seja, se tiverem bolachas, batatas, chocolates, a vontade de comer é enorme, porque dá prazer. Temos de ter em casa só o que é saudável, como fruta, iogurtes, queijo fresco, frutos secos. Não ter muitas tentações, para não compensarem."

De acordo com a nutricionista, há uma razão que explica este pecado da gula e está relacionada com as hormonas. "A hormona do bem-estar, que é a serotonina, tem um ciclo que baixa mais ao fim do dia. Nessa altura, estamos à procura de prazer porque a hormona está mais baixa. E começamos pela comida, fonte de prazer e de vício. Os doces, por exemplo, são um problema. Quando as pessoas são mais viciadas em açúcar é mais difícil largar, porque vicia mesmo. O consumo de doces leva ao consumo de mais doces. E custa limpar o organismo nos primeiros dias, de quase desmame. Não passam fome, mas sofrem com a falta de qualquer coisa. Há pessoas que ficam tristes, mas têm benefícios e, tendo em conta a fase má, de aumento de peso, se seguirem um plano, à partida, vão emagrecer porque fizeram muitas asneiras durante o confinamento."
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído) Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica

ou
UTILIZE O
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

Receba o 5º volume da coleção de DVDs sobre Fátima. Exclusivo para assinantes

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Dourada assada com legumes. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Bolinhos ricos de bacalhau. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

A tecnologia passou a controlar as nossas vidas? Conseguirão os nossos jovens desligar? Este livro responde a todas as questões! Portes incluídos.

Ver Mais

VERÃO 2021 - SÃO MIGUEL: 2 Noites no Ponta Delgada Hotel com Pequeno Almoço, Voos de Lisboa ou Porto, Transferes e Seguro desde 323€.

Ver Mais