Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
2

E as crianças, senhores?

A aversão do bastonário da Ordem dos Advogados à ministra da Justiça tolda-lhe o raciocínio e leva-o a proferir declarações pouco conformes com a sua responsabilidade. Vem isto a propósito da sua mais recente posição, em que classifica como uma "medida nazi" a possível aprovação de chips identificadores de pedófilos. Uma afirmação demagógica e tendenciosa, que junta na mesma argumentação vítimas do regime totalitário de Hitler e perturbados agressores de crianças.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 12 de Junho de 2012 às 01:00
E as crianças, senhores?
E as crianças, senhores?

Trata-se de um novo capítulo no diferendo que opõe Marinho Pinto e Paula Teixeira da Cruz. O bastonário vai mais longe e explica a medida como tomada por alguém que "está embriagado pelo poder e para quem a dignidade da vida humana não vale nada". Marinho Pinto não o consegue evitar – a sua posição é pessoal, epidérmica e extravasa a corporação que representa.

Sejamos claros. A pedofilia afecta terceiros de uma forma voluntária, com repercussões ao longo da vida. O que está em causa são pessoas com dificuldade em controlar os seus impulsos e que levam o perigo a quem as rodeia. Se o chip ajudar a minorar crimes sexuais contra menores, estamos à espera de quê?

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)