Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
3

ELIZABETH HURLEY: A SEDUTORA ENDIABRADA

Por amor, Liz Hurley promete abandonar os fatos decotados e as transparências. Mas conseguirá deixar de ser tão ‘sexy’?
27 de Abril de 2003 às 00:00
Depois de um romance de 13 anos com o actor Hugh Grant, e de uma relação tumultuosa com o produtor de cinema, Steve Bing – da qual resultou o nascimento do pequeno Damian – parece que, finalmente, a modelo/actriz, Liz Hurley, encontrou o ‘príncipe encantado’. O ‘sortudo’ chama-
-se Arun Nayar, um milionário indiano, de 37 anos, que recentemente pôs um ponto final no casamento com Valentina Pedroni, uma das melhores amigas de Elizabeth. Desde então, as duas nunca mais se falaram. Percebe-se porquê...
De acordo com os ‘tabloids’ ingleses, depois de consumado o divórcio, Arun já se mostrou interessado em viver ao lado de Hurley e, apesar de os dois terem começado a namorar há quatro meses, tudo indica que a união está para breve.
Hurley, de 36 anos, aceitou de imediato o pedido de casamento, para que Damian possa crescer com um pai. Para já, o único obstáculo é a avó de Nayar. Ao que parece, ela era muito apegada à ex-
-mulher de Arun, e não vê com bons olhos a recente exposição mediática do seu neto preferido. Já os pais do empresário estão contentes com a ‘escolha’, mas o patriarca da família, Kailash, terá pedido a Liz para ser mais recatada em público e vestir-se de uma forma mais ‘sóbria’. Uma ordem que Liz terá de seguir se quiser ser bem recebida pela família do seu noivo. Conhecida pela sua preferência por vestidos decotados e até algumas ousadias, conseguirá esta ‘sedutora’ obedecer ao pedido da família Nayar?

UM ROMANCE ATRIBULADO Durante a adolescência, Elizabeth Hurley ambicionava ser uma bailarina clássica de sucesso. Com o passar dos anos, arrumou as sapatilhas de ‘ballet’ e decidiu enveredar pelo teatro, tendo chegado a ter aulas de representação na prestigiada escola ‘London Studio Centre’. Mas quando passou a usar o cabelo espetado, cor-de-rosa, e um brinco no nariz, desinteressou-se pelo palco. Em plena década de 80, a cidade de Londres fervilhava. O ‘look’ ‘punk’ estava na moda e Liz divertia-se mais a ‘chocar’ os professores do ‘London Studio’. E os pais.
Filha de uma professora primária e de um ex-militar, Elizabeth nasceu na pacata cidade de Basingtoke, ao lado da irmã mais velha, Kate, e do pequeno Michael, e só mais tarde decidiu partir para Hollywood e tentar a sorte no grande ecrã.
Depois de algumas participações em filmes medíocres, a actriz teve a oportunidade de mostrar todo o seu talento em ‘O Passageiro 57’, ao lado de Wesley Snipes. Mas esta oportunidade não foi suficiente para lançar, de uma vez por todas, a sua carreira. Sem hipóteses de arranjar trabalho na Meca do cinema, Liz viu-se obrigada a regressar à capital inglesa, onde começou a dar os primeiros passos na moda, como modelo fotográfico.
E quando tudo parecia perdido, eis que um simples fato preto, um modelo exclusivo para a ‘première’ do filme ‘Quatro Casamentos e um Funeral’ – desenhado pelo malogrado Gianni Versace – muda a sua vida. A inglesa deslumbrou os fotógrafos e num ‘abrir e fechar de olhos’ ganhou o estatuto de ‘sex symbol’, que lhe abriu algumas portas na sétima arte. E no universo da cosmética. Apesar de já ter passado a barreira dos 30 anos, Hurley foi convidada para ser a imagem da Estée Lauder. Um contrato milionário que até sobreviveu ao escândalo ‘Divine Brown’, a prostituta apanhada em flagrante no carro de Hugh Grant. Durante alguns meses, o incidente ensombrou a relação de Liz e Hugh, mas a actriz acabaria por perdoá-lo. Para mostrar que o escândalo pertencia ao passado, o casal fundou a produtora ‘Simian Films’. Hoje, trabalham juntos mas garantem que a reconciliação amorosa está fora de questão.
Desde que se tornou numa produtora de sucesso, e foi dispensada pela Estée Lauder, Liz tenta vingar no mundo da sétima arte. Até agora, a comédia ‘Austin Powers – o Agente Misterioso’ foi o maior êxito da sua carreira. O mais recente ‘Divórcio de Milhões’, ao lado de Matthew Perry, foi ignorado pela crítica e o pelo público. Mas Liz não vai desistir tão depressa. “Tive de esperar vários anos para me tornar conhecida. E nunca coloquei a hipótese de fazer outra coisa. Não ia parar agora, quando estou quase lá...’ remata Liz, com um sorriso nos lábios.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)