Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
7

Heróis de penas e de coragem

‘Valiant - Os Bravos do Pombal’ é um divertido filme de animação em que os mais novos ficam a conhecer o importante contributo dos pombos durante a Segunda Guerra Mundial.
21 de Agosto de 2005 às 00:00
Heróis de penas e de coragem
Heróis de penas e de coragem
Na próxima quinta-feira, estreia nas salas portuguesas o mais recente filme de animação da Disney. Do mesmo produtor dos filmes de sucesso ‘Shrek’ e ‘Shrek 2’, ‘Valiant - Os Bravos do Pombal’ é uma história de coragem em pleno período de guerra e conta com as vozes dos actores André Gago, Inês Castel-Branco, Miguel Melo e Pedro Granger na dobragem das principais personagens.
Há 60 anos, os animais desempenharam um papel crucial no desenrolar da 2ª Grande Guerra. Esse facto foi reconhecido através da atribuição de 53 ‘Dickin Medal’. Este título é equivalente à ‘Victoria Cross’, a mais alta condecoração atribuída a um soldado, e que reconhece a coragem e os feitos extraordinários no desenrolar de um conflito. Dessas 53 medalhas, 31 foram atribuídas a pombos que deram um contributo essencial às forças aliadas, ao entregar mensagens vitais para além das linhas inimigas. E é a partir daqui que se desenrola toda a história de ‘Os Bravos do Pombal’.
Valiant é um pequeno pombo-bravo que sonha integrar o Serviço Real de Pombos Correio e servir a Inglaterra na 2ª Grande Guerra. A oportunidade surge no dia em que o bar local recebe a visita do Comandante James Coragem, uma estrela do Serviço Real que procura novos recrutas. Motivado pelo apelo do seu ídolo de sempre, o pequeno pombo parte para Londres com a finalidade de fazer a recruta sob as ordens do Sargento Monty.
Mas a vida militar é dura e repleta de perigos. Durante a recruta, uma companhia de elite é capturada pela Brigada Falcão, ao serviço dos alemães. Valiant e os seus novos companheiros são assim atirados para o centro do conflito. A sua missão: atravessar as linhas do inimigo e recolher uma mensagem que será fundamental no decurso do conflito.
‘Os Bravos do Pombal’ é um excelente filme de entretenimento para toda a família e acaba por ser uma interessante aula de história para os mais novos, leccionada de forma ligeira e divertida.
AS VOZES
Aos 26 anos, Pedro Granger já é um veterano nas dobragens em filmes de animação. Em ‘Valiant - Os Bravos do Pombal’, a sua quarta participação em projectos deste género, dá voz ao protagonista do filme. “O Valiant é um pombo pequenino mas perseverante e cheio de vontade. Ele é um entusiasta que acaba por personificar o herói que, em crianças, todos sonhamos e queremos ser”, afirma.
André Gago já tem experiência de dobragem de vozes mas é a primeira vez que trabalha em animação. Neste filme interpreta o Sargento Monty, “um pombo que por trás de toda a austeridade e rispidez necessárias para dar asas à coragem dos outro pombos, esconde um carácter muito humano e complexo.” O actor acha que isso se sente “em pequenos olhares e comentários” da personagem.
Miguel Melo também se estreia neste campo, mas sente-se perfeitamente à vontade no seu papel. Na sua opinião, o Mercury é “um bocado bobo, desajeitado e nervoso.” Mas o actor até considera isso “engraçado porque as personagens que tenho interpretado ao longo dos anos também são assim.” No fundo, “é uma personagem caricata e com características humorísticas que agradam às pessoas.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)