Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
2

Liliana Santos: “Cenas lésbicas foram um desafio...”

... Enriquecedor considera a actriz de 30 anos que contracenou com Sandra Cóias, em ‘Second Life’. Sobre o seu percurso profissional, sente “que conheceu as pessoas certas no momento certo”
7 de Agosto de 2011 às 00:00
Liliana Santos
Liliana Santos FOTO: Sérgio Matos

Sonhou ser bailarina, foi manequim, estudou sociologia, mas foi a representação que a apresentou ao público. Desde 2003, passou por vários papéis, em televisão, teatro e cinema, em que deu que falar enquanto protagonista de uma cena lésbica com Sandra Cóias, e de uma outra arrojada... com o jogador de futebol Luís Figo.

Ser actriz não era um sonho de criança para Liliana Santos, mas desde 2003 que não tem feito outra coisa, se tirarmos da ‘lista’ apresentações pontuais de programas de TV e trabalhos como manequim. A verdade, diz, é que já não se imagina noutra área – o contrato de exclusividade que assinou com a TVI é disso prova. Ainda assim, e porque mulher prevenida vale por duas, acha que o melhor que os portugueses têm a fazer em época de crise é "um pé-de-meia, não vá o Diabo tecê-las".

Se não pudesse trabalhar em nenhuma das áreas em que se move, Liliana imaginava-se ‘chef’ de cozinha num restaurante.

A resposta escolhida surge a sublinhado

- É considerada uma das mulheres mais bonitas da televisão portuguesa. Ser uma mulher bonita:

a) É uma chatice, porque ninguém acredita no nosso talento

b) Significa ter de provar o nosso valor o dobro das vezes

c) Tem dias, mas lido bem com isso

- Se pudesse escolher uma frase para definir o seu percurso profissional, a mais aproximada seria:

a) Muitas oportunidades bem aproveitadas

b) Conhecer as pessoas certas no momento certo

c) Muito ‘sangue, suor e lágrimas’

- Já participou em várias campanhas publicitárias, para diversas marcas e produtos. Encontrávamo-la mais facilmente numa publicidade:

a) A lingerie, porque como sou manequim lido muito bem com o corpo

b) Em que pudesse contracenar com George Clooney, se tivesse essa oportunidade

c) Em qualquer campanha, desde que fosse séria e bem paga

- Se a convidassem para um papel na Secretaria de Estado da Cultura agarraria com unhas e dentes a possibilidade de:

a) Dar mais estabilidade aos actores

b) Aumentar o orçamento do cinema português

c) Promover as telenovelas nacionais além-fronteiras

- Quando tem de fazer cenas arrojadas, como aconteceu com Virgílio Castelo em ‘Podia Acabar o Mundo’, e com Luís Figo no filme ‘Second Life’:

a) Faço meditação antes do ‘acção’

b) É como qualquer outra cena

c) Falo antes com o actor em questão para descontrair

- Em ‘Second Life’, de Alexandre Valente, protagonizou uma cena lésbica que lhe valeu os maiores elogios do produtor. Aprender striptease e gravar cenas íntimas com uma mulher:

a) Foi uma experiência única para contar aos netos

b) Foi um desafio enriquecedor para a minha carreira

c) Correu muito bem porque foi fácil trabalhar com a Sandra Cóias

- Se ganhasse um prémio chorudo no Euromilhões para partilhar, preferia entregar o dinheiro:

a) Ao Governo, para combater o défice

b) Ao banco, para precaver tempos difíceis

c) À família, para agradecer o apoio

- Em tempos de crise económica, a melhor coisa que os portugueses podem fazer para não desanimar:

a) Emigrar por uns tempos, até a crise passar

b) Fazer um pé-de-meia, não vá o Diabo tecê-las

c) Sonhar com dias melhores, pelo menos é de graça

- Queria ser bailarina, mas foi manequim, já apresentou programas, e hoje é uma actriz conhecida do público. Se não fosse nenhuma destas quatro coisas, qual seria o ‘mal menor’ profissionalmente falando?

a) ‘Chef’ num restaurante, porque até tenho mão para a cozinha

b) Vocalista numa banda de pop-rock, adoro cantar

c) Advogada de vítimas sem dinheiro, detesto injustiças

- Se pudesse escolher um local de reflexão antes de cada trabalho como forma de se mentalizar para o novo desafio:

a) Escolhia uma ilha deserta, para não ser incomodada

b) Pegava num grupo de amigas e fazia a festa numa qualquer capital europeia

c) Ia descansar para casa dos meus pais

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)