Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
1

LITERATURA: RIA-SE DA SOLIDÃO

Sabia que ‘Div.’ pode não ser apenas a abreviatura de divorciado, mas também de divertido? Se gosta de uma boa gargalhada, não perca alguns destes títulos. São autênticos manuais de sobrevivência, que fazem rir e ensinam alguma coisinha...
28 de Setembro de 2003 às 14:51
Eis alguns livros que podem servir-lhe de companhia ao serão, caso esteja a iniciar uma vida solitária.
'SORRIA, ESTÁ DIVORCIADO'
AUTOR: Philippe Lemoîne
EDITORA: Bizâncio
PREÇO: 11 Euros
Aos 48 anos, este autor francês – com uma vida dedicada ao jornalismo - possui dois divórcios no seu ‘curriculum’ o que lhe confere, à partida, alguma credibilidade naquilo que diz. Afinal, é a voz da experiência a falar! “Quando as coisas correm mal num casamento, o homem não deixa a mulher. Espera que ela o deixe” (página 15). A realidade não é bem assim, mas, para o autor, quando se trata de amor, nem sempre existe a tal coragem que faz com que os homens andem para a frente. “Se passou duas horas a barafustar é grave. É sempre ao fim da tarde que os casais se maltratam e à noite que se separam” (página 73). Após uma série de considerações sobre o que antecede o divórcio e o processo em si (passando pela intervenção da família), o autor foca as ‘vantagens’ da separação - entre as quais a de se ‘ganharem’ os filhos, a de se regressar ao desporto ou ainda a de se (re)descobrir velhas amigas que fazem tudo para arranjar uma namorada ao recém-divorciado. Às vezes, quem sabe, se no frenesim destes encontros não nasce uma nova vida? Para este autor, o divórcio pode ser motivo de grandes gargalhadas. Descubra como.
'BOAS MANEIRAS PARA DIVORCIADOS: COMO MANTER A COMPOSTURA MESMO QUANDO SE ODEIAM'
AUTORA: Gloria Lintermans
EDITORA: Alda Editores
PREÇO: 12, 2 Euros
Apesar da capa ser atractiva, pode transmitir a ideia errada que se trata de um livro ‘de piadas’. É antes uma recolha de vários testemunhos de homens e mulheres sobre a forma como reagiram às mais diversas situações inerentes a uma separação ou divórcio. Como, por exemplo, quando ocorre o ‘momento da verdade’. “Às 11 da noite começámos finalmente a falar de nós”, diz o Steve. “Ela sentia-se amarga e rancorosa. Como não queria continuar comigo, perguntei-lhe o que queria levar. A nossa despedida durou mais de três horas. Passámos juntos a nossa última noite, embora eu não tenha conseguido pregar olho. Abracei-a e disse-lhe o quanto a amava e amaria sempre” (página 25). Mas há mais temas focados neste manual, como a custódia das crianças, o contar à família, as relações com os amigos e ainda conselhos para que, no meio da turbulência emocional que um divórcio acarreta, se consigam contornar questões delicadas e manter uma relação cordial, até de amizade com o ‘ex’. Se pensa que o seu caso é único, engana-se. Ao perceber o que são as ‘Boas Maneiras para Divorciados’, vai com certeza reconhecer nestes testemunhos os seus problemas.
'DIÁRIO DE UM GAJO DIVORCIADO'
AUTOR: António Costa Santos
EDITORA: Garrido Editores
PREÇO: 8,5 Euros
A caminho da quarta edição, este livro ao jeito do ‘Diário de Bridget Jones’ narra as aventuras de João, um homem que esteve casado durante 18 anos e que, subitamente, ficou sem mulher, sem casa e sem filhos. Ao confrontar-se com a liberdade total e absoluta, João, que nunca tinha almoçado sozinho, não sabe por onde começar. E traça alguns planos de vida que o casamento não lhe permitia concretizar: escrever um livro, dormir até às tantas, sair com os amigos e, principalmente, com as amigas. Este ‘Diário de um Gajo Divorciado’ narra as aventuras do primeiro ano de vida a sós deste personagem. O curioso é que ficção e realidade se confundem, pois este livro também fala de coisas sérias como o medo da solidão, a forma de lidar com filhos adolescentes e ainda a maneira de usar os aparelhos domésticos. “Sei fazer um belo empadão de arroz e já uso o micro-ondas há meio ano, sem ver as instrucções, embora use sempre o mesmo programa” (página 146). A não perder!
'SOGRA - MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA PARA CASADOS E SOLTEIROS'
AUTOR: Fernando Perdigão
EDITORA: Editorial Notícias
PREÇO: 7, 50 Euros
Para casados, solteiros, separados, divorciados e noivos, este é um hilariante manual de sobrivivência à sogra (ex, futura, o que seja). Repleto de conselhos e pautado pelo humor, este livro é aconselhado a todos os que gostariam de saber como ter uma boa relação com a sogra (ou ainda com a ex-sogra). “Dizem que o casamento é uma espécie de química. É por isso que a minha sogra me trata como uma espécie de lixo tóxico” (página 30). Também para os que estão a caminho do altar, vale sempre a pena dar uma vista de olhos para, mais tarde, saberem lidar com a mãe da sua amada! Divirta-se!
'ABC DO HOMEM SÓ - A ARTE DE VIVER NOVAMENTE SEM FAMÍLIA'
AUTOR: Sandro Toni
EDITORA: Guimarães Editores
PREÇO: 8, 38 Euros
“O ‘homem-só’ é mais esperto que o diabo. É tão astuto que pode virar as coisas a seu favor em qualquer situação que o apanhe desprevenido, mal informado. A arte do desvio e da analogia constituem o seu pão-nosso de cada dia” – é desta forma que Sandro Toni define o ‘homem-só’, nesta espécie de dicionário onde todos os detalhes do quotidiano são abordados. Entre uma análise mais ou menos séria e as sugestões do autor, estão garantidos momentos de pura diversão. Como aqueles em que Sandro aconselha o ‘homem-só’ a fazer uma pesquisa de mercado antes de sair com uma mulher (com o objectivo de a levar a um local original) ou como sobreviver a épocas festivas: “As festividades natalícias são uma punição divina para o homem-só. Na realidade, ele é obrigado a ver todos os parentes, muitas vezes todos juntos, no Natal ou no Ano Novo” (página 158). Há outros aspectos engraçados que são salientados neste livro- que tenta ensinar aos homens como viverem sós de forma harmoniosa - entre os quais, como tratar uma mulher, consoante seja casada ou solteira. “A mulher casada não se trata como as outras. Com efeito, enquanto as outras, livres, ou quase, de compromissos, podem tranquilamente marcar encontros, saídas e passatempos, com a mulher casada a coisa não é possível, ou antes, é mais difícil (...)” (página 205). Para que conste!
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)