Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM

Mafalda Luís de Castro: “O mais importante é o amor”

Não admite que lhe passem à frente na fila do supermercado, acredita que tem por missão proteger os animais abandonados e quando ouve um piropo ainda fica embaraçada...
26 de Agosto de 2012 às 15:00
Mafalda Luís de Castro: “O mais importante é o amor”
Mafalda Luís de Castro: “O mais importante é o amor” FOTO: Tiago Sousa Dias

Mafalda Luís de Castro nasceu a 12 de Agosto de 1989 em Lisboa. A irmã Joana, mais velha quatro anos, é que sempre manifestou vontade de ser actriz. Mafalda queria tornar-se ginasta profissional e, depois das medalhas, jornalista. Mas ao acompanhar a irmã acabou por ser ela a escolhida para o elenco de ‘Olhos de Água’.

Tem apenas 23 anos mas um currículo de fazer inveja a muitas actrizes. Estreou-se com apenas 11 anos e, desde então, já participou em produções de televisão nacionais como ‘Ana e os Sete’, ‘Inspector Max’, ‘Nome de Código: Sintra’, ‘Lua Vermelha’ e ‘Equador’.

Nem todos terão reparado, mas dá também voz a Hermione Granger nas dobragens da versão portuguesa da saga ‘Harry Potter’. Tem vários cães e gatos em casa e é membro da Associação Chão de Bichos, que protege aqueles que são abandonados à sua sorte. Actualmente, veste a pele de Margarida na novela da TVI ‘Louco Amor’.

*A resposta escolhida surge a sublinhado

- Quando era pequenina, quis ser ginasta profissional, também pensou em ser jornalista como os seus pais, mas acabou por se tornar actriz, com apenas 11 anos, ao participar em ‘Olhos de Água’, da TVI. Foi uma escolha acidental?

a) Em boa verdade, o destino é que me escolheu a mim para este papel

b) Nessa altura, representar era apenas um hobby. Estava longe de imaginar que se tornaria a minha vida

c) Era muito nova mas já tinha consciência de que poderia vir a ser o meu futuro

- Quando vai distraidamente na rua e os fãs lhe atiram piropos, fica:

a) Orgulhosa

b) Embaraçada

c) Confiante


- Independentemente da fama, e por maior que seja o cliché, o mais importante da vida é:

a) O amor

b) A família

c) Os amigos

- Se, por qualquer razão, sente que leva os textos mal estudados para o cenário das gravações:

a) Tento não pensar muito nisso. Respiro fundo, bebo um copo de água e acredito que tudo vai correr bem

b) Nunca levo os textos mal estudados

c) Fico literalmente à beira de um ataque de nervos

- A cena mais difícil que teve de rodar até hoje implicava…

a) Chorar como uma madalena arrependida…

b) Beijar…

c) Uma discussão, de ódio e vingança, daquelas que nos levam aos limites...


- Se encontrasse uma mala cheia de dinheiro no meio da rua:

a) Dava tudo para uma instituição de solidariedade social

b) Abria uma conta bancária nas ilhas Caimão

c) Não hesitava sequer um minuto: entregava tudo à polícia…

d) Outra hipótese: Dava tudo à minha ou a outra associação de protecção de animais abandonados

- Se por acaso passarem à sua frente na fila do supermercado…

a) Faço de conta que nem sequer estou na fila e entretenho-me a ver as embalagens dos chocolates

b) Lanço um olhar fulminante mas não digo nada

c) Nem hesito: ‘Olhe desculpe…’

- No seu MP4, antes de entrar em estúdio, ouve:

a) Foo Fighters

b) U2

c) Diana Krall

d) Outra hipótese: Radiohead


- Gostava que os seus bisnetos soubessem que …

a) Era uma das mulheres mais bonitas da televisão portuguesa

b) Era forte e determinada

c) Que, acima de tudo, se esforçava por ser uma boa pessoa.

d) Outra hipótese: Que era forte e determinada e, acima de tudo, que me esforçava por ser uma boa pessoa

- Se tivesse de passar um fim-de-semana com um político, escolhia:

a) O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e tentava convencê-lo de que a austeridade, sozinha, não é a solução para a crise

b) Com a ministra Assunção Cristas e até podíamos aproveitar para falar na preservação do ambiente à escala global

c) Com o presidente da Câmara de Lisboa António Costa… e aproveitava para lhe dizer de que forma gostava de ver a minha cidade mais bonita. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)