Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
4

MOITA FLORES: TENHO O SONHO DE VOLTAR AO CAMPO

Escritor e criminologista, Francisco Moita Flores é uma das celebridades com quinta que passa os olhos pela ‘Quinta das Celebridades’: “Por motivos profissionais, dado estar envolvido neste mundo da comunicação, tenho mesmo que ver”.
10 de Outubro de 2004 às 00:00
O ex-agente da Polícia Judiciária tornado autor de séries de televisão estará atento, não com a visão de um leigo mas com o olhar aguçado de um alentejano dos sete costados, verdadeiro entendido na matéria, já que até chegar a Lisboa sempre viveu no campo, a olhar para a bucólica beleza da planície.
Desse tempo, Moita Flores guarda na memória o tempo passado em família, uma das maiores da região de Estremoz: “Na terra fiz de tudo; matei tantos borregos, galinhas, despachei porcos, apanhei legumes. Não era nada do outro mundo, apenas uma rotina”, afirma antes de confidenciar que um dos seus maiores desejos é voltar a viver nesse meio.
Enquanto tal não deixa de ser apenas um sonho para se tornar realidade, aproveita os poucos tempos livres e viaja até à tranquilidade de tão fantástico refúgio, ideal para aliviar do stresse acumulado na confusão da cidade. É que Francisco ainda hoje fala com saudade do tempo de meninice, em que ajudava na horta, fonte de uma economia de subsistência onde nada faltava.
Sobre o programa da TVI que tem dado que falar na última semana, sublinha apenas que “quem está habituado àquela vida pode ficar indignado com tanto desperdício, embora a produção nem obrigue a quem lá está a trabalhos muito forçados”. Rir a bandeiras despregadas, só mesmo se “José Castelo Branco tivesse de depenar uma galinha ou desmanchar um porco”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)