Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
6

O Inverno do nosso contentamento

No Inverno permitem-me ser bicho do mato, coisa que não acontece com tanta frequência no resto do ano. Um descanso...
25 de Outubro de 2009 às 00:00
O Inverno do nosso contentamento
O Inverno do nosso contentamento

O Inverno chegou e pegou de estaca, até ver. Esta será a altura mais egoísta do ano e eu, como bom egoísta que sou, dou-lhe as boas-vindas. A chuva incomoda, o frio chateia? Um bocado, mas ambos fornecem uma sólida e compreensível desculpa para a reclusão que tantas vezes me faz falta. E fica tão mais fácil declinar convites para acontecimentos aborrecidos quando chove que se farta – logo para mim, que não por acaso até nem tenho carta de condução e faço logo o choradinho: "Eh pá, até gostava de ir ao primeiro aniversário da filha do teu primo Rodrigo, quer-me parecer que vai ser algo de memorável e de genuinamente interessante, sabes?

Mas fica meio chato, este tempo manda-me mesmo abaixo (alta tanga), e depois também é caro meter-me num táxi para o Barreiro, ida e volta, e apesar de ter o passe é um pincel do caraças mandar-me para esses lados com a chuva que está... Um beijo grande de parabéns à pequena Fábia Vanessa – ela de certeza que se lembra de mim!" As melhores saídas no Inverno são do quarto para o escritório e do escritório para a sala de estar.

Os melhores jantares são lá em casa, que tem uma reputada selecção no que toca à gente que a frequenta, serve um excelente tinto e tem uma lareira que fuma impecavelmente bem. Se estiver com grãozinho na asa, cansado ou simplesmente farto, estou a poucos metros da minha cama. Afinal de contas, não há lugar como o nosso lar. Eu sou um tipo meio inglês – adoro o Verão, a praia, cerveja gelada em longas noites quentes, mas a verdade é que funciono muito bem com mau tempo.

E como é normal as pessoas entrarem num registo melancólico e nostálgico por estas alturas, sou aceite de outra forma pelos outros: "Hoje vais ficar por casa, maninho? Pois, eu percebo-te, nem dá vontade de sair, apetece é ficar no quentinho e papar um filme com a Maria, né?" Pois... No Inverno permitem-me ser bicho do mato, coisa que não acontece com tanta frequência no resto do ano. Um descanso.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)