Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

O NOVO QUARESMA

Um jovem futebolista do SC Cambres, natural de Lamego, está já cinco meses no Sporting de Braga, à procura de concretizar um sonho. Por causa do estilo e das semelhanças com o craque do Sporting, já há quem lhe chame ‘Quaresma’
18 de Maio de 2003 às 00:00
“Nunca pensei ingressar tão depressa numa equipa como o SC Braga”, confessa ao Magazine Domingo José João, de 17 anos, natural de Lamego, transferido há cinco meses do SC Cambres para a equipa bracarense. “Desde o início da adolescência que acalentava a esperança de envergar a camisola de um clube grande”, revela, tímido, admitindo, porém nunca ter imaginado poder “dar o grande salto” tão cedo.
Uma “mudança radical” na vida deste jovem, que garante não ter alterado nem um mílimetro o seu carácter – “Tenho a noção que ainda preciso de aprender muito e a humildade é fundamental para singrar na vida”, defende.
Os seus dias são agora divididos entre as aulas e os treinos diários, na equipa do Braga B e nos juniores. “É complicado conciliar estas duas áreas, mas eu não quis perder o 12º ano”, explica o jovem futebolista, que também gostava de ser enfermeiro. “Vamos ver como corre a carreira do futebol...”.
Na adaptação ao novo estilo de vida 0 — dividido entre os estudos e os treinos —, conta com o “apoio incondicional da família”, como assegura o pai, Eduardo Morais.
O progenitor vai todas as semanas a Braga para assistir aos jogos. “Um bom ambiente familiar é essencial para
o sucesso de uma pessoa”, salienta Eduardo, para quem
o mais importante é o filho manter “o bom carácter e a humildade”.
CASA DE BENFIQUISTAS
Nestes cinco meses no Sporting Clube de Braga, José João ainda não teve oportunidade de revelar as suas potencialidades como extremo-esquerdo na equipa B — está a disputar a segunda fase do campeonato de juniores — mas está certo de que vai chegar a hora.
A vida do jovem começou a mudar quando ganhou a titularidade na equipa do SC Cambres, pela mão do ‘mister’ Jorge ‘Leça’ — o treinador cambrense que o pôs em campo após o intervalo do jogo frente ao Pedrouços. “Fez um óptimo jogo”, reconhece ‘Leça’, que desde então passou a contar com o atleta como titular.
No plantel passou a ser apelidado de ‘Quaresma’, devido às suas semelhanças com o extremo-esquerdo sportinguista (tanto a nível técnico, como de personalidade). E não passou despercebido aos ‘olheiros’ do futebol, acabando por assinar um contrato para jogar no SC Braga B. Para já, continua a disputar as partidas dos juniores, devido aos seus afazeres escolares.
José João deu os primeiros toques na bola nos recreios da escola e, logo nessa altura, o pai — que também praticou futebol em clubes da região — apercebeu-se das potencialidades do filho. Crente nesse ‘dom’, inscreveu-o aos sete anos nas Escolinhas do Cracks Clube de Lamego.
O jovem passou por todos os escalões, venceu alguns campeonatos e quando o seu destino parecia certo na equipa de juniores do Sporting Clube de Lamego, foi parar ao SC Cambres, onde a chegada do técnico Jorge ‘Leça’ lhe permitiu mostrar o seu melhor.
Em casa de José João todos são do Benfica, mas o futebolista confessa que quando o Braga joga com o clube da Luz, o seu coração, ainda que dividido, acaba por torcer pelos bracarenses. O irmão Tiago, de 10 anos, que joga futebol nos Cracks de Lamego e acalenta a esperança de também ingressar no Braga — “para estar perto do irmão” — também se sente indeciso. Mas já resolveu a questão: veste uma camisola do Braga e enfia um boné do Benfica.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)