Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
4

OLÁ: QUEM GOSTA, GOSTA SEMPRE

Já reparou que a ‘Olá’ mudou? ‘Divirta-se à séria’ é o mais recente lema da marca. E para dar o exemplo, a ‘Olá’ preparou uma mega festa, onde não vai faltar ‘dance music’ e claro, muitos gelados. Se acha que já não tem idade para estas ‘danças’, continue a saborear os seus gelados preferidos, como o ‘Super Maxi’ ou o ‘Perna de Pau’. E recorde aqui alguns dos grandes êxitos do passado...
27 de Abril de 2003 às 00:00
Há mais de quarenta anos que os gelados Olá fazem as delícias de todos os portugueses. Produtos como o ‘Magnum’, o ‘Cornetto’ – que este ano apaga 30 velas – o ‘Calippo’, o ‘Epá’, o ‘Super Maxi’ ou o ‘Perna de Pau’ são verdadeiras histórias de sucesso, e foram eles os responsáveis pelo aumento da notoriedade da marca junto dos consumidores. Apesar de desaparecidos, os míticos ‘Pé’, ‘Dedo’, ‘Upa Upa’, ‘Flash Cola’ ou o ‘Twister’– que faziam as delícias dos mais novos – o ‘Krispi’, o ‘Crok’, o ‘Pinky’, o ‘Dominó’, o ‘Super Cornetto’ e os Cornettos de Moka e Tangerina, também contribuíram para o crescimento da Olá. E dificilmente serão esquecidos.
Se alguns destes gelados permanecem apenas na memória colectiva dos portugueses, os fãs do ‘Fizz’ foram surpreendidos com o seu regresso, o ano passado. Lançado pela primeira vez em 1980, o gelado verde e branco, com um refrescante sabor a limão, rapidamente se tornou num êxito. Nessa altura, custava trinta escudos e ombreava em popularidade com o clássico ‘Epá’ (15$00), o Cornetto de Morango (20$00) e o ‘Perna de Pau’ (12$00) – que chegou ao mercado português em 1975, e até hoje nunca saiu dos primeiros lugares do ‘top’ de preferências.
Mas com o passar dos anos, as vendas do ‘Fizz’ baixaram e a empresa não teve outra alternativa senão retirá-lo do mercado. Mudavam-se os tempos, mudavam-se os gostos (e as vontades). O ‘Solero’, o ‘Rol’ e o ‘Magnum’ eram os novos gelados da moda.
Sem salvação possível, em 1996 o ‘Fizz’ despediu-se do Verão.
A pedido de muitas famílias, seis anos depois o mítico gelado regressou ‘em força’. E com o mesmo sabor refrescante de sempre... Este ano - e mais uma vez - a Olá volta a surpreender os mais saudosistas. Para comemorar o 30º aniversário da marca ‘Cornetto’, estão de regresso os ‘Cornetto’ de Moka e Tangerina. Uma oportunidade única para voltar a saborear um dos gelados mais populares da década de 80.
A FESTA DA MÚSICA
Mas se julga que a estratégia de ‘marketing’ desta famosa marca de gelados assenta em recuperar os grandes êxitos do passado’, desengane-se!
Este ano, a Olá está de ‘cara lavada’, pronta para enfrentar o futuro com confiança. E para isso, é preciso acompanhar as novas tendências. Em especial, dos consumidores mais jovens.
“É um ‘target’ difícil de trabalhar, porque as ‘modas’ mudam de um dia para o outro. Mas, ao mesmo tempo, é um desafio aliciante", confessa o responsável português pela área dos gelados, Gonçalo Pombeiro, que faz questão de reafirmar que as marcas têm de evoluir ao sabor dos tempos. Só assim é que conseguem suplantar a concorrência, e manterem-se isoladas no ‘pelotão’ da frente. “Apesar de termos progredido, a Olá quer continuar a agradar a todos”, confessa Gonçalo Pombeiro, que faz questão de frisar que este trabalho não se faz de um dia para o outro. "É um projecto para dois ou três anos. Se, no final, as vendas aumentarem melhor. Mas o mais importante é as pessoas, no futuro, continuarem a eleger a Olá como a marca de gelados preferida", remata o responsável.
A nova estratégia foi apresentada oficialmente em Roterdão – sede da Unilever - no dia 5 de Março deste ano, e já está a ser desenvolvida em mais de 41 países. Em Portugal, tal como no resto da Europa, os anúncios já estão a ser transmitidos por todos os canais de televisão. Cheios de música, cor, juventude e alegria expressam na perfeição a nova atitude da marca. “O prazer de saborear um gelado, a alegria de viver. Essa sempre foi a imagem de marca da Olá. Agora, fomos mais longe. Queremos transmitir uma sensação de alegria eufórica", esclarece, mais uma vez, Gonçalo Pombeiro.
Mas as novidades não ficam só por aqui. Ao longo do ano, serão lançados novos produtos. Para já, estão à venda os novos ‘Magnum Moments’, e aguarda-se a chegada de mais sete sobremesas geladas, que serão vendidas exclusivamente nos restaurantes. Além disso, todas as embalagens de gelados, sem excepção, vão ser relançadas; e os pontos de venda vão receber uma ‘operação de maquilhagem’. Tudo a postos para a chegada oficial do Verão. Mas para os mais jovens, este ano a ‘estação quente’ chegou mais cedo. No dia 3 de Maio – já no próximo sábado – a Olá preparou um mega-evento, que vai aquecer o Pavilhão Atlântico. A festa ‘Love 2 Dance’ vai contar com um espectáculo multimédia, inédito em Portugal, e com a presença de dois dos DJ’s de ‘house’ mais famosos do mundo: Roger Sanchez e Todd Terry. É caso para dizer, ‘divirta-se à séria’...
CRONOLOGIA
1959: A Olá é fundada e inicia a venda de gelados
1960: Venda de sobremesas de gelados para casa
1969: Construção da fábrica de gelados em Santa Iria da Azóia
1970: A Olá adquire a Rajá, a sua principal concorrente
1973: Lançamento dos dois primeiros êxitos da Olá: Epá e Cornetto
1975: O Perna de Pau entra no mercado
1981: Introdução do novo logótipo
1984: A Olá vende 20 gelados diferentes
1985: Venda de gelados para restaurantes (Nasce a Vianetta)
1986: O Carte D’Or e o Magnum estreiam-se no mercado
1993: É a vez da Romântica
1996: O Solero é posto à venda
1997: Inicia-se a campanha de Inverno
2001: É lançado o Cornetto Soft
2003: Mudança estratégica da Olá
OS MAIS DESEJADOS
Os gelados da Olá mais vendidos nos últimos anos foram o ‘Cornetto de Morango’, o ‘Epá’, o ‘Super Máxi’, o ‘Perna de Pau’ e o ‘Magnum’. Os primeiros quatro são verdadeiras relíquias da Olá. Corria o Verão de 1973 quando esta marca lançou o ‘Cornetto de Morango’. Nessa altura, custava 6$50 e foi baptizado com o nome de ‘Cornetto Olímpia’. Também nesse ano, o ‘Epá’ conquistou o coração dos portugueses. Para delírio dos mais novos, o gelado tinha uma pastilha no fundo do copo e podia ser adquirido ‘só’ por 4$50. Uma tentação...
Dois anos mais tarde, era a vez do ‘Super Maxi’ e o ‘Perna de Pau’ entrarem de rompante no mercado. Há quase vinte anos que deliciam os portugueses, que ainda se mantêm fiéis aos sabores clássicos. O ‘Magnum’ é um fenómeno mais recente, surgindo no início da década de noventa. Mas, hoje, são poucos os que lhe resistem..
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)