Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

“Os Açores são uma obra de arte”

A minha viagem a este arquipélago é uma viagem permanente. Nunca me canso de lá voltar
7 de Agosto de 2011 às 00:00
Lagoa do Fogo, 2011. É a lagoa mais selvagem, para muitos a mais bonita
Lagoa do Fogo, 2011. É a lagoa mais selvagem, para muitos a mais bonita FOTO: António Barreto

Fui, pela primeira vez, em 1974, e desde então até hoje já visitei o arquipélago cerca de 14 vezes. Neste ano, estive 15 dias em três ilhas: São Miguel, a que vou sempre, a Terceira, a que vou quase sempre, e as Flores, onde nunca tinha ido.

Em 1974, depois de cinco anos de exílio na Suíça, visitei os Açores, pela primeira vez, a convite dos amigos Mário Mesquita e Jaime Gama, ambos açorianos. Fiquei deslumbrado e nunca me canso de lá voltar.

Todas diferentes, a variedade das ilhas é um atractivo, e só superficialmente se pode dizer que é tudo igual. Em São Miguel, tive momentos deslumbrantes, na Lagoa do Fogo, na das Sete Cidades – que é pena que tenha sido tão fotografada e, por isso, não seja possível olhar para ela sem ter o olhar cansado. Depois há as lagoas e as crateras no Pico, em São Jorge, na Terceira. Todas diferentes.

A própria vegetação é distinta. Há uma cidade maravilhosa, que é Angra do Heroísmo, rica em património e onde se sente que o povo gosta da cidade, pela limpeza, pelo arranjo. Isso nota-se em geral nos Açores e não há, em Portugal, outro lugar tão bem cuidado. Talvez os poderes públicos façam um esforço, mas sem o esforço das pessoas não se consegue.

Os Açores são marcantes, têm personalidade, beleza. Gosto da natureza selvagem, mas a natureza bem trabalhada pelo homem, que é o que se encontra nos Açores, é uma obra de arte.

GUIA DA VIAGEM

O QUE MAIS GOSTEI

Da associação entre cultura e natureza. O Açores são uma das regiões de Portugal – senão a região – onde as pessoas são mais cultas e informadas. Basta ver o número de escritores, artistas, políticos açorianos. O espírito do lugar é muito forte. Eu fiquei deslumbrado.

O QUE MENOS GOSTEI

A rivalidade entre as ilhas. É improdutiva.

NÃO SE ESQUEÇA DE 

Apreciar a ligação dos Açores com o mar, meio de comunicação e modo de vida, caso da pesca da baleia no grupo ocidental, o cimo do Pico, as caldeiras da ilha das Flores e as lagoas de São Miguel. Saboreie o ananás: tem um sabor único.

FICHA

País: Portugal

Região autónoma: Açores

Moeda: Euro

Habitantes: 241 763 (censos de 2001)

Vai gostar se… é amante da natureza e da infuência desta na cultura de um povo

SUGESTÕES

VIAGEM + ESTADA

Circuito açoriano de sete noites; partidas de Lisboa para São Miguel e depois visitas às ilhas do Pico, Faial, Terceira; desde 1244 euros (ligações aéreas + hotéis); + info: www.netviagens.com. Circuito açoriano sete noites; partidas de Lisboa e do Porto para o Faial e depois visitas às ilhas do Pico, Terceira, São Miguel; desde 869 euros. (ligações aéreas + hotéis) + info: www.abreu.pt (*)

(*) As sugestões de transporte e hotéis são indicação da Domingo

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)