Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Quais os robôs que já estão no meio de nós

Saíram dos filmes de ficção científica e estão nas fábricas, nos hospitais e centros de dia. Em breve estarão nas nossas casas.
Marta Martins Silva 8 de Abril de 2018 às 01:30

Aos pés do iCub, o robô humanoide mais avançado do mundo, está um montinho de migalhas – os investigadores do Instituto de Sistemas e Robótica de Lisboa estão a ensiná-lo a limpar. A ideia é, aliás, mais do que simplesmente remover o que está sujo. "É que ele reconheça o tipo de sujidade, escolha a ferramenta indicada para a limpar e faça os movimentos adequados", explica José Santos-Victor, presidente do instituto onde trabalham atualmente 150 investigadores, desta e de outras partes do mundo. Este robô, que também está a aprender a reciclar, a fazer sandes com os ingredientes disponíveis no frigorífico e a montar puzzles, nasceu aqui mas qualquer pessoa – assim tenha dinheiro e capacidade técnica – pode comprar a parte mecânica e eletrónica do humanoide, disponível para o mundo inteiro, e construí-lo na sua casa.

No ISR, afiliado do Instituto Superior Técnico, serve fundamentalmente como plataforma de investigação. "Agora estamos a estudar como é que o ser humano aprende, para que em vez de termos de programar o robô para que ele faça qualquer coisa, possamos simplesmente mostrar como uma tarefa é feita e ele consiga reproduzir. Ou seja, em vez de programar software, quero é cozinhar caldeirada à frente do robô e fazer isso uma série de vezes até que ele aprenda o que eu estou a fazer e a seguir consiga também fazer caldeirada, tal como nós ensinamos as crianças ou explicamos uns aos outros como é que se resolve um determinado problema." Parece ficção científica que um robô possa aprender por observação – uma característica que até há pouco tempo parecia exclusiva, e até diferenciadora, dos humanos – mas é o futuro a chegar. Há vinte anos também não se faziam transferências de dinheiro sem intermediário como agora nem se pagavam as compras do supermercado sem um operador na caixa. E se até a Microsoft e a chinesa Alibaba desenvolveram modelos de inteligência artificial, que conseguiram bater os humanos em testes de leitura e compreensão, e o Watson - o supercomputador da IBM que se tornou responsável por ajudar os médicos de uma companhia de seguros americana a identificar o que há de errado com os seus pacientes -, o que se pode esperar mais do futuro?

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

O CM+ oferece máscaras aos seus assinantes.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Mousse de chocolate e morango. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Crumble de frutos silvestres. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

A tecnologia passou a controlar as nossas vidas? Conseguirão os nossos jovens desligar? Este livro responde a todas as questões! Portes incluídos.

Ver Mais

Casa do Fundo – Sustainable & Ecotourism: 1 ou 2 Noites com Pequeno-Almoço numa pequena aldeia no sopé do Parque Natural da Serra da Estrela desde 30.50€.

Ver Mais