Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

SIMPÁTICO E DINÂMICO

O novo Citroën chama-se C3. É um automóvel que foge às convenções, surgindo na linha de originalidade que faz parte do património de uma marca que, ao longo da sua vida, tem contribuído para ajudar a fazer evoluir o automóvel graças a propostas sempre inovadoras
5 de Julho de 2002 às 19:29
SIMPÁTICO E DINÂMICO
SIMPÁTICO E DINÂMICO
O novo Citroën C3 nasceu dos desenhos realizados pelos designers do centro de design da marca francesa. Foram eles que definiram um estilo inédito, que sugere grande habitabilidade, apesar das dimensões, e desperta simpatia à primeira vista.

Com este modelo, a Citroën dilata a sua oferta com um automóvel que se posiciona entre o popular Saxo e o comprovado Xsara, sendo um bom exemplo da dinâmica renovadora assumida nos últimos anos pela marca francesa e bem patente em modelos como o Xsara Picasso ou os C5.

As suas dimensões, fora do comum para o segmento em que se insere, bem como a altura elevada da sua carroçaria, são os sinais mais visíveis do seu design original.

O estilo do Citroën C3 surge como uma visão inovadora em termos estéticos, garantindo o seu dinamismo feito de formas fluidas, ao mesmo tempo que permitiram a realização de um habitáculo amplo, capaz de garantir o bem-estar.

A forma da carroçaria é marcada por uma arquitectura de um único volume, criado por dois arcos longitudinais, que fazem a ponte entre a modernidade da forma e o património histórico da Citroën. No entanto, o Citroën C3 está longe de procurar evocações do passado. Ele é, antes de tudo, inovador, já que a sua forma contribui para a grande habitabilidade oferecida, ao mesmo tempo que permite a criação de amplas superfícies vidradas que asseguram uma grande luminosidade no interior, para o que também contribui o tejadilho de abrir de comando eléctrico com dimensões apreciáveis.

Os guarda-lamas redondos e as formas largas das cavas das rodas permitem perceber as vias amplas que contribuem para o seu excelente comportamento dinâmico.

A volumosa grelha frontal, a forma dos pára-choques e o aspecto compacto da carroçaria, exprimem claramente a protecção e segurança oferecida pelo mais novo dos Citroën, um automóvel que apresenta uma personalidade bifacetada.

O carácter do C3 quando parado é cativante, com a sua arquitectura de um único volume a chamar a atenção pela sua elegância e originalidade. Em movimento, o Citroèn C3 denota uma grande vivacidade, com as sua carroçaria compacta feita de linhas redondas e as vias largas a vincarem o seu dinamismo.

Viva o Espaço

O Citroën C3 tem uma habitabilidade surpreendente para um automóvel do seu segmento, só possível graças a uma grande distância entre eixos (2,46 metros), à sua altura (1,52 metros) e à largura (1,67 metros).

Além da grande habitabilidade, também se deve destacar o número de compartimentos porta-objectos, es- palhados no interior dos Citroèn C3. Dois porta-luvas, um dos quais pode conter um compartimento refrigerado, têm uma capacidade de sete e cinco litros, respectivamente. Cada uma das portas tem compartimentos de arrumação de grande capacidade. O desenho da consola central foi estudado para poder receber os mais variados objectos, desde canetas a telemóveis, que podem ser recarregados numa tomada de cor rente específica. Consoante as versões, surgem gavetas de arrumação sob os bancos dianteiros. Na parte central do painel de instrumentos, dois compartimentos podem integrar os sistemas de áudio e um carregador de cinco CDs, ou funcionar como espaço de arrumação.

A altura da carroçaria permitiu colocar os bancos numa posição sobrelevada, num automóvel cujo habitáculo oferece 1,40 metros de largura à frente, medidos ao nível dos cotovelos. O ângulo de abertura das portas (68°), permite uma acessibilidade excelente.

Os bancos foram desenhados para garantirem um grande conforto, contando com apoios laterais reguláveis e um bom apoio lombar. Os bancos dianteiros contam com apoios de cabeça reguláveis e os traseiros, em forma de vírgula, garantem o conforto e potenciam a segurança.

O conforto passa ainda por um eficaz sistema de climatização manual ou automática, segundo as versões.

O volume da bagageira é excelente. Tem um volume de 305 litros, que pode ser dilatado graças ao rebatimento (40/60) dos bancos traseiros, estando equipada com correias de amarração e quatro anéis de fixação.

A inovação do Citroën C3 passa ainda pela estreia do sistema MODUBOARD, um compartimento inteligente da bagageira. Este sistema permite ordenar a forma de utilizar a bagageira, apresentando várias alternativas de ordenamento do espaço para se maximizar a sua polivalência de utilização: a arrumação de objectos mais longos, a protecção dos mais frágeis ou sujos, fica assim facilitada.

O MODUBOARD permite ainda garantir uma plataforma plana desde a entrada da bagageira até às costas dos bancos da frente, podendo a divisória bagageira/habitáculo suportar as mesmas cargas que o fundo de mala tradicional. Este é um trunfo para os clientes que procuram a polivalência e a simplicidade de utilização.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)