Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
7

Trinta mil livros em 180 gramas

A venda de livros digitais ultrapassou há muito a dos livros em papel nos EUA.
Suely Costa 12 de Junho de 2016 às 12:30

Há uns anos dizia-se que a televisão ia matar a rádio, depois a internet ia acabar com os jornais, agora pensa-se que os eBooks poderão matar o papel. Especialistas defendem que as duas formas de leitura vão coexistir, mas a maioria dos chineses já prefere ler eBooks, e a venda de livros digitais ultrapassou há muito a dos livros em papel nos EUA.

Autores há que, após editoras recusarem pu-blicar as suas obras, venderam milhares na Amazon. A tendência é para que o digital avance, mas "os livros digitais serão mais complementares aos físicos do que propriamente concorrentes", diz António Araújo, administrador executivo e diretor de publicações da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

A vantagem de um dispositivo como o Kindle, da Amazon, é que pode pesar 180 gramas e transportar mais de 30 mil livros, pois além da capacidade interna permite incluir cartões de memória. Pode não ter o cheiro do papel, nem fazer barulho ao virar a página, mas cabem tantos livros que mesmo que vivêssemos 100 anos não teríamos tempo para lê-los todos... ou teríamos?

Prova de vida extraterrestre  

Dentro de 20 a 30 anos chegará a prova da vida extraterrestre, diz o diretor de investigação do Centro Nacional de Investigação Científica de França. Nem que sejam bactérias.
  

Aviões no ar graças a algas  

As microalgas podem tornar-se biocombustível para aviões, dizem cientistas da ExxonMobil, pois na fotossíntese convertem dióxido de carbono em combustível.  

Para embalar os bebés  

A Mymaga Baby Sleep deteta o choro e emite música ou gravação da voz dos pais, para acalmar e registar a qualidade do sono do bebé.  

Global NET

Pode ser uma mais-valia para a área militar ou para quem necessita de andarilhos ou de cadeiras de rodas. O Superflex identifica os movimentos mais frequentes do utilizador através de uma tecnologia capaz de aumentar as capacidades motoras. Assim, este exofato pode ajudar os soldados a serem mais rápidos e eficazes e outros utilizadores a retomarem     uma     vida     sem     necessidade     de apoios para se movimentarem. O Superflex cobre a maior parte do corpo e tem um reforço nas pernas, ajudando a recuperar a mobilidade     perdida, enquanto gere a bateria     incorporada     de     forma     a     poupar energia.  

Falar Global Global NET
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)