Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
7

Um manifesto contra super-homens

Wolverine’ é o mais conhecido mutante de todos os tempos. E porquê? Por um lado, trata-se de um ser armado pela indústria da guerra, manipulado em experiências militares com o objectivo de criar um supersoldado, invulnerável e impiedoso. Nesse sentido, apesar de fantasioso, ‘Wolverine’ parte de hipóteses e pressupostos ‘realistas’.
Joana Amaral Dias 10 de Maio de 2009 às 00:00
Um manifesto contra super-homens
Um manifesto contra super-homens

Aliás, as propriedades prodigiosas do seu corpo que se auto-renova acompanham o desenvolvimento da ciência. Aquilo que era puramente especulativo nos anos 70 (quando a personagem foi criada) é hoje uma possibilidade. A regeneração dos tecidos é o caminho para a imortalidade e o que não aconteceu por mutação, a tecnociência poderá oferecer.

Mas ‘Wolverine’ tornou-se num fenómeno da BD e do cinema principalmente porque o seu corpo é ideal para amargar múltiplas torturas. E sobreviver. Mártir e carrasco, este lobisomem de aço sofre como São Sebastião e mata como São Jorge. Diz ele: 'Eu sou o melhor no que faço, mas o que faço não é bom'. Ou seja, ‘Wolverine’ é um Super-Anti-Herói animalesco, que sucumbe à raiva assassina, e a sua popularidade assenta nessa suposta contradição. Tanto é animal como pessoa. Uma besta humana.

Com feridas psíquicas, mas sem cicatrizes à flor da pele, ‘Wolverine’ luta contra todos, essencial-mente contra si mesmo, divididoque está pelas suas naturezas. Poderia haver uma metáfora mais simples do 'ser humano'?

Este mutante é a ‘prova’ de que a evolução do Homem não implica a rejeição da animalidade. O filósofo John Gray afirmou, a propósito de certos místicos, que 'aqueles que renunciam à sua natureza animal não deixam de ser humanos, apenas se tornam caricaturas da humanidade. Felizmente, as massas tanto reverenciam os seus santos como os desprezam'. Exacto. E a mística de ‘Wolverine’ assenta nessa abdicação do misticismo do Salvador e do Super-Homem. Bem-vinda seja. Sobretudo a Portugal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)