Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
3

Uma vida entre margens

A ponte que mudou de nome quando os cravos da Revolução se impuseram aos espinhos do antigo regime, tornou-se um ‘ex líbris’ da capital. O sonho desenhado em 1958, depois de décadas de hesitação, ganhava a sua forma definitiva oito anos depois. As consequências das travessias não se fizeram esperar, desde a sua entrada em funcionamento, com a explosão urbanística que surgiu na margem esquerda do Rio Tejo, de Almada a Setúbal, e o estímulo do crescimento económico e turístico do Sul de um Portugal à espera de outros rumos.
6 de Agosto de 2006 às 00:00
- Em 1966, o País e o Mundo acabavam de assistir às façanhas dos ‘Magriços’ em Inglaterra. Portugal combatia em Angola, Guiné e Moçambique, a Guerra no Vietname fazia o pleno dos noticiários internacionais, e o Médio Oriente ecoava as maleitas de que ainda hoje padece. Quarenta anos volvidos, faz-se o balanço entre o que mudou e o que resiste com inabalável firmeza, como o tabuleiro que ligou as duas margens do Tejo, e que suportou com mérito a distinta carga de 1500 toneladas na sua prova de esforço.
- Quarenta e cinco meses depois dos trabalhos encetados a 5 de Novembro de 1962, inaugurava-se a Ponte Salazar, assente numa falha sísmica, somente descoberta no momento em que se procedia à construção das fundações de suporte ao pilar da torre norte. Como se a obra fizesse as vezes de metáfora da grande roda da História, ora senhora de conquistas portentosas ora sujeita a abalos e prostrações.
- Catorze empresas asseguraram o nascimento daquela que continua a ser a única ponte suspensa do mundo de grandes dimensões, simultaneamente rodoviária e ferroviária. A grandeza e a imponência da Ponte 25 de Abril, aquando da sua abertura, não vacilam. Era a quinta maior ponte suspensa do mundo e a maior fora dos Estados Unidos da América. Contenta-se, agora, com o 17.º lugar, a nível mundial.
- A firma United States Steel Export Company foi a parceira do Governo português na construção da travessia do Tejo entre Lisboa e Almada. O contrato foi firmado a 23 de Fevereiro de 1961.
- O seu custo rondou, à época da sua construção, o valor de dois milhões e duzentos mil contos, o que corresponde, actualmente, a perto de onze milhões de euros.
- A fadista Amália Rodrigues cantou durante a cerimónia de inauguração dos acessos à ponte, a 6 de Agosto de 1966.
- Marchar sobre Lisboa com uma coluna de autometralhadoras e estacionar na zona da portagem da ponte sobre o Tejo, ficando a constituir reserva às ordens do Partido Comunista. Foi esta a missão do Regimento de Cavalaria 3, no processo que conduziu à Revolução, no dia 25 de Abril de 1974.
- Com um comprimento total de 2278 metros entre os maciços de amarração situados nas margens norte e sul e um vão central de 1013 metros, possui ainda hoje a mais longa viga de rigidez contínua, e a fundação da sua torre sul é a mais profunda em todo o Mundo (82m), apesar da concorrência que veio de fora. E da que despontou cá dentro. Ali a dois passos. Em 1998, a velhinha 25 de Abril ganhou a companhia dos 17,2 quilómetros da vizinha Vasco da Gama, a maior da Europa, que permitiu a entrada em Lisboa de mais de dez mil viaturas por dia.
- A 5.ª via de circulação na ponte entrava ao serviço a 23 de Julho de 1990. A 6 de Novembro de 1998 era a vez da 6.ª via também entrar em serviço.
- Em 1993, a barreira da portagem é transferida para o sentido Sul–Norte.
- O Eixo Norte–Sul chega à Ponte 25 de Abril a 29 de Agosto de 1997.
- Ramón Rodríguez Porto, jornalista, escritor e poeta galego, publica o revolucionário poema ‘Ponte 25 de Abril’: Lisboa xace cos pés mollados no Taxo que non é rio... senón mar. O chamado "Da Palha" que atravesan os "cacilheiros" tódo-los dias para as xentes que queren cruzar A ponte 25 de Abril a máis longa de Europa que se pode ollar, o seu nome lembra a"revolución dos caraveis" e fai esquecer o do dictador Salazar...
- O megabuzinão contra o aumento das portagens decretado pelo então Governo de Cavaco, marca o ano de 1994. No dia 25 de Junho, a ponte esteve bloqueada durante 12 horas por dezenas de camiões. A manobra foi liderada pelos irmãos Mário e Jaime Pinto, acusados em Agosto de 2000 de desviarem um camião carregado de 400 mil maços de tabaco. Em Fevereiro deste ano, foram absolvidos dos crimes de sequestro, contrabando e roubo.
- António Rosa Lopes, de 68 anos, foi um dos 3000 operários portugueses que ajudaram a erguer a Ponte.
- Cerca de 160 mil veículos atravessam a Ponte 25 de Abril todos os dias, sete mil em hora de ponta. 1,20 euros é o preço actual da tarifa para os veículos da classe 1.
- A ligação ferroviária é inaugurada em Agosto de 1999. A 15 de Novembro de 1998, fazendo o percurso entre a estação do Oriente e a estação do Fogueteiro, circulava o 1.º comboio na ponte 25 de Abril. Em 2004, o comboio chega a Setúbal. Actualmente, circulam diariamente 157 comboios, nos dois sentidos, transportando cerca de oitenta mil passageiros dia. Em 2005 foram transportados 21 milhões de utentes.
- Em Novembro de 2003 perspectivou-se a construção da quarta ponte sobre o Tejo, fazendo a ligação Chelas–Barreiro.
- Evento marcante da história da ponte, desde 1990, a meia-maratona de Lisboa continua a atrair milhares de corredores à 25 de Abril. Em Março último, assinalou-se a 16.ª edição do evento.
- A transferência de exploração da travessia da JAE para a Lusoponte acontece a 1 de Janeiro de 1996. A isenção de pagamento durante o mês de Agosto nesta travessia sobre o Rio Tejo é uma das cláusulas do acordo celebrado entre a concessionária e o Estado português, dando continuidade a uma tradição instaurada neste mês.
- Mário Pardo, profissional de Base Jump, a vertente mais radical do pára-quedismo, saltou de um camião TIR que circulava na ponte para o rio Tejo, no dia 13 de Fevereiro de 2005.
- Durante a rodagem de uma das cenas finais de ‘O Crime do Padre Amaro’, a 25 de Abril foi encerrada. A actriz Soraia Chaves fez parar o trânsito no dia 15 de Julho de 2005. A ponte servia de cenário a um dos maiores campeões das bilheteiras portuguesas.
A GÉMEA DOS ESTADOS UNIDOS
Célebre pelo seu tom laranja-avermelhado, numa combinação suprema de magenta, amarelo e preto, a mítica ponte Golden Gate, que liga a cidade norte-americana de São Francisco a Marion County, não se distingue apenas pelos atributos cromáticos, idealizados pelo arquitecto Irving Morrow, que a enquadram na paisagem envolvente tornando-a bem visível para as embarcações. A irmã mais velha da nossa Ponte sobre o Tejo, dada a inspiração directa, é um dos expoentes máximos do mundo moderno, responsabilidade atribuída ao engenheiro-chefe Joseph Strauss. Quando foi construída, a Golden Gate (‘Portão Dourado’), assim designada devido ao estreito com o mesmo nome, entrada para São Francisco a partir do Pacífico, possuía o tabuleiro pênsil mais extenso e mais alto do seu tempo, com 1,280 metros de comprimento.
- O espírito americano sente-se em cada rebite, não fosse a ponte uma máquina de fazer dinheiro. Não faltam souvenirs na sua loja online, onde é possível adquirir gravatas, medalhas, posters, livros, babetes ou baralhos de cartas alusivos à Golden Gate.
- Ao meio-dia do dia 28 de Maio de 1937, o presidente Roosevelt anunciava a sua inauguração ao mundo a partir da Casa Branca. A ponte abre antes do tempo e fica aquém do orçamento esperado.
- Em 1955, o polvo gigante do filme ‘It Came from Beneath’, de Robert Gordon, abria as hostilidades da série de filmes que adoptaram a emblemática ponte como cenário. ‘Vertigo’ (1958), de Hitchcok, deu seguimento à tendência, seguida por películas como ‘A View to a Kill’, ‘Star Trek VI’ ou ‘Entrevista com o Vampiro’.
- Inaugurada em 1964, a Ponte Verrazano Narrows, em Nova Iorque, suplantou as dimensões da então campeã Golden Gate.
- Não há registo do número de operários envolvidos na construção da obra.
- Durante a construção esteve próximo o estabelecimento de um novo recorde. Até 17 de Fevereiro de 1937, registara-se apenas uma fatalidade, numa altura em que a norma era de uma baixa por cada milhão de dólares gastos. Mas, nesse mesmo dia, mais dez homens perderam a vida com a queda de um andaime.
- Até Junho de 2005, 1.779.032.891 veículos tinham atravessado a ponte, desde a sua abertura. Conheceu o menor volume de tráfego a 4 de Janeiro de 1982, devido a uma violenta tempestade. A 27 de Outubro de 1989, registou-se um recorde de travessias: 162 414. Dez dias antes, a ponte resistiu, sem danos, ao maior terramoto na zona da Baía de São Francisco desde 1906.
- A ponte custou cerca de 75 milhões de dólares. Em 2003, construir uma nova Golden Gate custaria aproximadamente 1.2 biliões.
- 17 operários e 38 pintores trabalham regularmente na manutenção da ponte.
- No âmbito das celebrações do seu 50.º aniversário, em 1987, foi inaugurada uma passagem pedonal a sudeste, com tijolos personalizáveis. Implementado em 1988, o programa vendeu 7416 tijolos. Os preços variavam entre os 35 e os 59 dólares. Estima-se que 300 mil pessoas acorreram à ponte no dia do festejo das bodas de ouro.
- A Golden Gate é considerada uma das sete maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenharia Civil, em 1994, juntamente com a represa Hoover, a rede de Auto-estradas interestadual, o centro espacial Kennedy, o canal do Panamá, o pipeline Trans-Alasca e o já desaparecido World Trade Center.
- A ponte esteve encerrada apenas três vezes devido aos ventos fortes, em 1951, 1982 e 1983. Nesta última vez, pelo maior período de sempre: 3 horas e 27 minutos. Esteve também fechada, por alguns momentos, aquando da visita do presidente Franklin D. Roosevelt e do presidente francês Charles de Gaulle.
- Os Serviços Postais dos EUA lançaram um selo comemorativo da ponte no ano de 1998.
- Em 2002, são estabelecidas as actuais tarifas. Cinco dólares é o preço mais baixo.
AS 13 MAIORES PONTES SUSPENSAS CONSTRUÍDAS NO MUNDO INTEIRO
- AKASHI-KAIKYO (nome), Japão (país), 1991m (vão central), 1998 (ano)
- GREAT BELT EAST (nome), Dinamarca (país), 1624m (vao central), 1997 (ano)
- HUMBER (nome), Inglaterra (país), 1410m (vão central), 1981 (ano)
- JIANGYIN YANGTZE (nome), China (país), 1385m (vão central), 1999 (ano)
- TSING MA (nome), China (país), 1377m (vão central), 1997 (ano)
- VERRAZANO NARROWS (nome), E.U.A. (país), 1299m (vão central), 1964 (ano)
- GOLDEN GATE (nome), E.U.A. (país), 1280m (vão central), 1937 (ano)
- HIGH COAST (nome), Suécia (país), 1210m (vão central), 1997 (ano)
- MACKINAC STRAITS (nome), E.U.A (país), 1158m (vão central), 1957 (ano)
- MINAMI BISAN-SETO (nome), Japão (país), 1100m (vão central), 1988 (ano)
- SECOND BOSPHOROUS (nome), Turquia (país), 1090m (vão central), 1992 (ano)
- FIRST BOSPHOROUS (nome), Turquia (país), 1074m (vão central), 1973 (ano)
- GEORGE WASHINGTON (nome), E.U.A (país), 1067m (vão central), 1931 (ano)
Ver comentários