Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

Velhos são o Trump e a Hillary

Primárias dos partidos Republicano e Democrata ditaram corrida à Casa Branca para veteranos.
Leonardo Ralha 12 de Junho de 2016 às 15:30
Hillary Clinton terá 69 anos no dia das eleições e Donald Trump já celebrou o 70.º aniversário
Hillary Clinton terá 69 anos no dia das eleições e Donald Trump já celebrou o 70.º aniversário FOTO: D.R.

Só 27 milhões, de entre o total de 323 milhões de norte-americanos, serão mais velhos do que o seu próximo presidente. Donald Trump, de 70 anos, e Hillary Clinton, que faz 69 anos em outubro, já reuniram o número de delegados suficientes para serem candidatos do Partido Republicano e Partido Democrata, somando entre si 139 anos no dia 9 de novembro, quando os EUA elegerem o sucessor de Barack Obama.


As dúvidas quanto aos protagonistas da corrida à Casa Branca terminaram na terça-feira passada, pois as vitórias da ex-secretária de Estado (e ex-primeira-dama) nas primárias democratas deram-lhe o número de delegados para ser a escolhida. Mas se fosse o professor universitário Bernie Sanders a enfrentar o multimilionário Donald Trump, a soma de idades saltaria para os 145 anos. Mais 55 do que John Fitzgerald Kennedy e Richard Nixon somavam em 1960, quando o primeiro (aos 43 anos) se tornou o primeiro católico a chegar à presidência dos EUA.

O recorde do presidente dos EUA mais velho ao ser eleito só será batido se Trump triunfar – algo improvável, a crer nas sondagens que dão vantagem à democrata –, pois Ronald Reagan tinha mais de 69 anos e meio quando venceu o então presidente Jimmy Carter. Hillary, meses mais nova, ficaria "só" como a primeira mulher presidente.

Seja como for, os candidatos ‘seniores’ são algo que o professor universitário João Pereira Coutinho considera "um fenómeno conjuntural, que se explica pela própria dinâmica das primárias". Sendo os 54 anos idade ‘normal’ de entrar na Casa Branca, lembra que "o presidente ainda em funções tomou posse com 47; e, antes dele, o temível Bush tinha apenas 54; sem falar de Clinton, com 47 (e, segundo parece, com a libido de um rapaz de 27)".

Para trás ficaram Ted Cruz e Marco Rubio, e Pereira Coutinho vê nisso bom sinal: "É preferível ser demasiado velho a ser demasiado jovem. John Kennedy, presidente aos 44, acabou como acabou. O mesmo para James Garfield (eleito aos 50) e William McKinley (aos 54), igualmente assassinados."

EUA Eleições presidenciais Casa Branca Donald Trump Hillary Clinton
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)