Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
9

VIVA A LIBERDADE!

Nem todos gostam de viver fechados numa casa, com uma câmara atrás. O programa que somou audiências e fez polémica no Brasil é olhado de lado por muitos famosos portugueses.
9 de Agosto de 2002 às 18:45
A “casa dos artistas” deu muito brado no Brasil, mas para a 3ª edição, agora em exibição, o SBT teve dificuldade em seleccionar nomes sonantes. O nível de popularidade de uma Joana Prado, conhecida como “Feiticeira”, que levou as audiências aos píncaros na 2ª edição de “Casa dos Artistas”, não foi desta vez atingido pela estação de Sílvio Santos.

E em Portugal, onde o programa tem sido referido como “Big Bother VIP”, há muitos famosos que se afirmam indisponíveis, apesar de não faltarem candidatos para um mês e meio de clausura na célebre casa da Venda do Pinheiro. O desejo de preservar a privacidade e o amor à liberdade de movimentos são as razões mais invocadas ao Correio da Manhã TV por quem deseja ficar de fora nesta produção da Endemol. Com Teresa Guilherme e Pedro Miguel Ramos como apresentadores, “BB Famosos” reúne, apesar das reticências, os condimentos necessários para constituir um dos trunfos fortes da TVI.

“SÓ COM MAIS UM ZERO!”

“Falaram-me das Relações Públicas da Endemol, a perguntar se eu acharia graça a participar nesse programa. Eu ri-me, dei uma enorme gargalhada e impus as minhas condições para aceitar o convite”, explica Lili Caneças.

As primeiras condições da popular representante do “jet set” eram, como revelou, “ter um chefe de cozinha que fizesse menus com baixas calorias e, como companhia, um grupo divertido, interessante e eclético, que incluísse, por exemplo, o Herman José, o Miguel Sousa Tavares e o Marcelo Rebelo de Sousa.” “Com essas pessoas, o programa poderia ser uma experiência enriquecedora”, considera.

A terceira condição era que, aos 20 mil contos (100 mil euros) de prémio para o vencedor, “fosse acrescentado mais um zero”. “Aí, talvez pudéssemos conversar!”, salienta.

Lili Caneças conclui que “ser privada da sua liberdade dentro de uma casa seria uma experiência-limite. Era só o que me faltava na vida...”

ANA BRITO E CUNHA

“Não participaria, porque acho que as figuras públicas são muito piores, no sentido da galhofa e do à-vontade perante as câmaras. No meu caso, como actriz, estaria demasiado à-vontade e não me parece que gostasse da experiência”, afirma a actriz.

CARLOS RIBEIRO

“Nunca participaria nesse programa como concorrente. Jamais! No entanto, se fosse convidado para apresentador, se a TVI me escolhesse, provavelmente aceitava o convite e apresentaria o programa, com muito gosto”, diz o apresentador.

MARCO PAULO

“A minha carreira está de tal maneira consolidada, que não necessito desse tipo de projecção. Não teria interesse em expor-me num programa desses, a não ser na função de apresentador ou de cantor”, explica o famoso intérprete de “Eu Tenho Dois Amores”.

ISABEL ANGELINO

“Nunca seria capaz de concorrer ao ‘Big Brother’, de todo! Não consigo ver o programa, quanto mais concorrer!”, frisa a apresentadora, que afirma ser uma pessoa muito reservada, que não gosta de expor a sua vida privada. “Para ficar fechada numa casa só mesmo na minha”, conclui.

ALEXANDRE

“Não”, diz o actor. “Preservo muito a minha privacidade. Era capaz de o fazer, mas sem câmaras, pois adoro conversar e conhecer pessoas novas. Participaria, por exemplo, no ‘Survivor’, sem uma câmara sempre atrás. Se tenho de provar algo é a mim próprio e não aos outros”, conclui.

GISELA

“Não!” Esta foi a resposta convicta da mais célebre participante do “Masterplan”. “Está fora de questão. Não participaria na ‘BB Famosos’ nem no ‘Big Brother’, porque não consigo estar parada, ficar dentro de uma casa fechada”, explica.

LUÍS

O marido da Gisela, Luís, explica que “teria de pensar muito nisso”, e refere que preferia participar num ‘Big Brother’ normal, sem vedetas, onde se sentiria mais à-vontade. “E se fosse com a Gisela, então seria o máximo!”, remata.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)