Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
5

PSD diz que "ninguém canta vitória" mas acusa sondagens na campanha de falhanço

José Silvano reclamou, ainda assim, uma vitória "significativa" do PSD em Coimbra e a dúvida sobre o vencedor em Lisboa.
Lusa 26 de Setembro de 2021 às 21:54
José Silvano PSD
José Silvano PSD
O secretário-geral do PSD afirmou este domingo que "ninguém canta vitória" ainda na sede social-democrata, mas acusou as sondagens divulgadas na campanha de "falharem estrondosamente".

Numa primeira reação às projeções televisivas, José Silvano reclamou, ainda assim, uma vitória "significativa" do PSD em Coimbra e a dúvida sobre o vencedor em Lisboa.

"As sondagens que saíram ao longo da pré-campanha e da campanha falharam estrondosamente e se o objetivo era influenciar os resultados não conseguiram", criticou o também coordenador autárquico social-democrata.

Questionado, por várias vezes, sobre leituras nacionais dos resultados em Coimbra e Lisboa, José Silvano remeteu-as para o presidente do PSD, Rui Rio, que falará no final da noite aos jornalistas.

"Ninguém canta vitória, porque são só sondagens, mas normalmente as sondagens à boca da urna acertam sempre", apontou.

As projeções televisivas divulgadas este domingo às 21h00 dão um empate entre o socialista Fernando Medina e o social-democrata Carlos Moedas na corrida à presidência da Câmara de Lisboa nas eleições autárquicas e uma vitória da coligação encabeçada pelo PSD em Coimbra.

José Silvano PSD Coimbra Lisboa política eleições partidos e movimentos campanhas eleitorais sondagem
Ver comentários