Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
7

Geração Arte: “Vamos investir em material”

Roberta Cabrita realiza curtas-metragens em colaboração com dois amigos, mas pretende tornar-se advogada.
31 de Maio de 2015 às 00:30
Roberta Cabrita
Roberta Cabrita FOTO: Pedro Noel da Luz

Primeiro fiquei em estado de choque, sem saber como reagir. Mas depois foi mesmo muito bom", conta Roberta Cabrita, de 19 anos, sobre o momento em que percebeu que tinha ficado em primeiro lugar na categoria de Curtas&Docs do Geração Arte em maio.

‘A.M.OR’, nome da curta-metragem que deu a vitória a Roberta, fala de uma mulher que é perseguida por outra, numa história sobre a homossexualidade vivida no feminino, o que a autora acredita chocar menos do que a homossexualidade masculina.

A candidata premiada dirigiu a curta-metragem em conjunto com dois amigos, num trio que tem na realização cinematográfica o seu maior passatempo.

Em relação à vitória, a jovem de Portimão afirma que esta "é sempre uma motivação para continuar a trabalhar. Podem ver-nos mais, outras pessoas podem querer juntar-
-se a nós. O grupo reagiu maravilhosamente bem."

Quanto ao prémio, que é um vale de 500 euros, a estudante do 2º ano do curso de Direito já sabe que destino lhe irá dar. "Vamos investir em material próprio para filmar. Gostávamos de comprar mesmo uma máquina profissional", remata Roberta. Apesar disso, vê o cinema como um passatempo que espera conciliar com a futura profissão, pois o seu sonho é mesmo ser advogada.  

Roberta Cabrita Geração Arte Portimão questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)