Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
9

Astronautas russos desfraldam bandeiras de regiões separatistas da Ucrânia no espaço

"Celebramos tanto na Terra como no espaço", refere uma mensagem dos astronautas Oleg Artémiev, Denis Matvéïev e Sergei Korsakov.
Lusa 4 de Julho de 2022 às 22:43
Fotografias dos astronautas Oleg Artémiev, Denis Matvéïev e Sergei Korsakov, agitando as bandeiras das duas "repúblicas" do leste da Ucrânia
Fotografias dos astronautas Oleg Artémiev, Denis Matvéïev e Sergei Korsakov, agitando as bandeiras das duas 'repúblicas' do leste da Ucrânia FOTO: Direitos Reservados
Três astronautas russos desfraldaram as bandeiras dos territórios autodeclarados separatistas de Lugansk e Donetsk, na Ucrânia, a bordo da Estação Espacial Internacional, de acordo com uma publicação no canal Telegram da agência espacial russa, Roscosmos.

"Celebramos tanto na Terra como no espaço", refere uma mensagem acompanhada de fotografias dos astronautas Oleg Artémiev, Denis Matvéïev e Sergei Korsakov, agitando as bandeiras das duas "repúblicas" do leste da Ucrânia.

"As forças russas e de Lugansk estabeleceram controlo total sobre Lysychansk - a última grande cidade da LPR [República Popular de Lugansk]", acrescentaram.

No domingo, as forças ucranianas anunciaram a retirada desta cidade estratégica, o que permitiu que militares russos e separatistas pró-russos conquistassem o controlo da região de Lugansk.

"Estamos convencidos de que 3 de julho de 2022 ficará para sempre gravado na história da República. Cidadãos da República Popular Aliada de Donetsk, aguardem!", acrescentou Roscosmos na sua publicação.

A conquista de Lysytchansk foi fundamental para o plano da Rússia de conquistar todo o Donbass, uma região industrial parcialmente controlada por separatistas pró-russos desde 2014.

Para as forças ucranianas, é necessário agora conter o avanço russo para o oeste e duas grandes cidades da região vizinha de Donetsk: Sloviansk e Kramatorsk.

Roscosmos República Popular Aliada de Donetsk Telegram Espacial Internacional
Ver comentários