Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
7

Costa critica na ONU ameaça nuclear e pede à Rússia para cessar hostilidades

Primeiro-ministro discursou no debate geral da 77.ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas esta quinta-feira.
Lusa 22 de Setembro de 2022 às 22:33
António Costa
António Costa FOTO: Lusa
O primeiro-ministro, António Costa, criticou esta quinta-feira as "irresponsáveis ameaças de recurso a armas nucleares" do Presidente russo, Vladimir Putin, e pediu à Rússia para cessar hostilidades em vez de escalar o conflito na Ucrânia.

António Costa deixou estas mensagens logo no início do seu discurso no debate geral da 77.ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), encontro marcado pela invasão russa da Ucrânia e as suas consequências globais.

"A Rússia deve cessar as hostilidades e permitir a criação de um diálogo sério e sustentado, orientado para o cessar-fogo e para a paz. Este não é o tempo de a Rússia escalar o conflito ou fazer irresponsáveis ameaças de recurso a armas nucleares", afirmou.

António Costa ONU Ucrânia Rússia Presidente Vladimir Putin política política nuclear política (geral)
Ver comentários