Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir

"Mais ataques e menos navios russos": Ministro ucraniano promete investimento em drones

Mykahailo Fedorov disse que a Ucrânia está a testar sistemas de Inteligência Artificial que podem localizar alvos a vários quilómetros de distância.
Correio da Manhã 16 de Setembro de 2023 às 11:34
Guerra na Ucrânia
Guerra na Ucrânia FOTO: Ukrainian Presidential Press
A Ucrânia poderá fazer mais ataques com drones contra navios de guerra russos, disse à Reuters o ministro da Transformação Digital ucraniano, que desempenhou um papel fundamental na construção da indústria daquele tipo de armamento no país, após uma série de ataques marítimos.

"Haverá mais drones, mais ataques e menos navios russos. Isso é certo", disse Mykahailo Fedorov, em entrevista na sexta-feira, quando questionado sobre os recentes ataques perto da Crimeia.

A Ucrânia realizou, esta semana, vários ataques com recurso a drones marítimos e mísseis contra a frota naval russa do Mar Negro e nas imediações da península da Crimeia, que foi anexada pela Rússia em 2014.

De acordo com a Reuters, a Rússia reconheceu um ataque de mísseis ucranianos que danificou, esta semana, um navio de guerra e um submarino, e afirma ter contido todos os ataques de drones marítimos.

De acordo com o Fedorov, a Ucrânia está a testar sistemas de Inteligência Artificial (IA) que podem localizar alvos a vários quilómetros de distância e guiar até eles, mesmo que as comunicações externas sejam interrompidas por medidas de guerra eletrónica.

"Neste momento está tudo em fase de testes, mas alguns drones que estamos a comprar utilizam a IA para reconhecer alvos. Numa floresta, podem detetar um alvo e reconhecer se se trata de uma pessoa, de um tanque ou de um determinado veículo. Estas tecnologias estão a ser utilizadas ativamente".
Rússia IA Crimeia Ucrânia Mykahailo Fedorov armamento defesa
Ver comentários
C-Studio