Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
2

Moscovo acusa sabotadores ucranianos de atacar central nuclear russa de Kursk

Linhas elétricas situam-se a cerca de 50 quilómetros da fronteira com a Ucrânia.
Lusa 16 de Agosto de 2022 às 16:07
Central Nuclear de Kursk
Central Nuclear de Kursk FOTO: Direitos Reservados / Twitter
A Rússia denunciou esta terça-feira três ataques contra linhas elétricas da central nuclear russa de Kursk, situada a cerca de 50 quilómetros da fronteira com a Ucrânia, que atribuiu a sabotadores ucranianos.

Segundo o Serviço de Segurança Federal (FSB, na sigla original), "grupos de sabotadores ucranianos explodiram seis torres de alta tensão" de distribuição de energia da central nuclear de Kursk.

Os alegados ataques ocorreram em 04, 09 e 12 de agosto, segundo um comunicado do FSB, citado pela agência noticiosa espanhola EFE.

Kursk Moscovo Ucrânia Rússia FSB economia negócios e finanças energia
Ver comentários