Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
2

Mulheres e mães unidas na busca pelos seus soldados na Ucrânia

Emiliya, 37 anos está há mais de um mês a tentar recuperar o corpo do marido.
Lusa 22 de Maio de 2022 às 09:52
Guerra na Ucrânia
Guerra na Ucrânia
Mulheres e mães de soldados ucranianos tentam recuperar os corpos dos seus maridos e filhos desaparecidos ou mortos na frente de combate, uma busca dificultada por falta de informações e que se estende durante várias semanas.

Essas mulheres recorrem à sede da Organização de Mães de Soldados de Kiev para obter ajuda, procurando trazer de volta os ucranianos mortos nos combates desde o início da invasão russa, em fevereiro, segundo uma reportagem da Efe.

É o caso de Emiliya, 37 anos, que há mais de um mês tenta recuperar o corpo do marido, e recorre à organização, perto de Maidan, Praça da Independência, no centro da capital ucraniana, cenário simbólico de muitas lutas sociais na história do país.

Ucrânia questões sociais política morte direitos humanos
Ver comentários
}