Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
7

Parlamento Europeu aprova candidatura da Ucrânia à UE

529 políticos votaram a favor da candidatura, enquanto 45 votaram contra a proposta. Houve ainda 14 abstenções.
Correio da Manhã 23 de Junho de 2022 às 11:31
O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, felicitou o grupo nas redes sociais
O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, felicitou o grupo nas redes sociais

Os líderes dos 27 estados-membros da União Europeia aprovaram esta quinta-feira o processo de candidatura da Ucrânia e da Moldávia à UE, no arranque de uma cimeira em Bruxelas. 

No total, 529 políticos votaram a favor da candidatura, enquanto 45 votaram contra a proposta. Houve ainda 14 abstenções. Os dados são avançados pelo jornal The Independent.

A Ucrânia garantiu o estatuto de candidato à UE em junho. Na altura, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse que o país pertencia à comunidade europeia desde há muito tempo, mas sublinhou que para entrar na UE era preciso "embaixadores e amigos poderosos".

A Ucrânia está "pronta" para trabalhar para se tornar "membro de pleno direito" da União Europeia, disse na semana passada Zelensky em Kiev, numa conferência de imprensa conjunta com os líderes alemão, francês, italiano e romeno.

Volodymyr Zelensky contou com o apoio dos principais líderes europeus no processo de candidatura do país a membro candidato à UE. “A Ucrânia pode contar connosco. Europa está ao vosso lado e continuará durante o tempo que for necessário", afirmou o presidente francês Emmanuel Macron, na semana passada durante uma visita à capital ucraniana.

Na mesma altura, o chanceler alemão, 
Olaf Scholz, disse que "a Ucrânia pertence à família europeia”. Já o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, deixou a promessa de "reconstruir tudo".

A Presidente da Comunidade Europeia, Ursula von der Leyen, havia prometido que o processo de candidatura da Ucrânia seria rápido. 

Ver comentários
}